Esportes

Jogo contra o Oeste | Irritados com atrasos, jogadores do Cruzeiro não se concentram

Jogo contra o Oeste | Irritados com atrasos, jogadores do Cruzeiro não se concentram

Os atrasos de salários e as recentes ausências de respostas nos questionamentos feitos à diretoria irritam cada vez mais elenco e comissão técnica do Cruzeiro. O grupo se reuniu após o treino desta terça-feira (12) e decidiu não se concentrar para o duelo de amanhã (13) contra o Oeste, às 21h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Tão logo a atividade tática de hoje se encerrou, líderes do elenco conversaram no gramado com o treinador Luiz Felipe Scolari e comunicaram a decisão. Os atletas argumentavam que precisavam dar um "recado" à diretoria e que tal atitude não representaria exatamente uma situação de "desleixo" com o jogo.

Igualmente irritado com os vencimentos não pagos e com a falta de satisfação da diretoria, Felipão compreendeu a argumentação dos jogadores e pediu apenas que todos evitassem excessos. A apresentação para a partida ocorrerá na manhã desta quarta, no CT Toca da Raposa.

O Cruzeiro se pronunciou após a publicação da reportagem e confirmou a apuração do UOL Esporte: "O clube confirma que houve uma reivindicação por parte dos atletas, e que a diretoria e o departamento de futebol, entendendo o momento e a legitimidade da reivindicação, atenderam ao pedido",

O Cruzeiro ainda não pagou os valores referentes a metade de outubro, novembro, dezembro e 13º salário.

Na última semana, o UOL Esporte já havia revelado a insatisfação de Felipão com a situação. Mesmo tendo contrato até o final de 2022, o treinador não descarta deixar o clube após o encerramento da série B atual por conta dos problemas financeiros.