Esportes

Jesualdo lamenta saída precoce e diz que deixou atletas treinados para Cuca

Classificação e Jogos

Demitido do Santos após a eliminação no Campeonato Paulista, Jesualdo Ferreira lamentou não ter tido a chance de disputar o Brasileirão. Em entrevista ao "Bola da Vez", da ESPN, exibida hoje, o treinador acredita ter deixado o país com uma ideia "muito diferente" do que é o futebol brasileiro.

"Não ter feito o Brasileirão é ficar com uma ideia muito diferente daquilo que é o futebol brasileiro", afirmou o treinador, que alega ter sido vítima de uma "deslealdade muito grande" em sua saída do Peixe.

Em relação ao bom desempenho do Santos após sua saída, Jesualdo acredita ter deixado atletas "bem treinados e preparados" para Cuca, seu sucessor.

"A verdade é que esses jogadores, se tivessem mal treinados ou mal preparados, não teriam sido capazes de fazer os resultados que fizeram", completou o português.

No Brasileirão, o Alvinegro Praiano é o oitavo colocado, com 16 pontos (quatro vitórias, quatro empates e três derrotas). O time recebe, amanhã, às 20h30, o Fortaleza na Vila Belmiro.

Jesualdo deixou o Santos após 15 jogos: seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas, um aproveitamento de 48,8%. A equipe marcou 17 gols e sofreu 16.

Comandado pelo apresentador André Plihal, a entrevista com Jesualdo ainda contou com as participações de Alex, ex-jogador e atual comentarista da emissora, e do jornalista Bruno Andrade, brasileiro que reside e trabalha em Portugal.