Esportes

Hamilton admite que Verstappen seria pole sem acidente: 'Coração na boca'

Na briga pelo título da atual temporada da Fórmula 1, Lewis Hamilton (Mercedes) admitiu que perderia a pole position do GP da Arábia Saudita caso o rival Max Verstappen (Red Bull) não batesse o carro no muro ao fim de sua volta - o holandês ficou com o 3° melhor tempo.

Em entrevista coletiva logo depois do treino classificatório desta tarde, o britânico revelou que sua volta do Q3 foi boa, mas que não seria o suficiente para largar na 1ª posição na corrida de amanhã.

"Acho que foi uma sessão em que todos ficaram com o coração na boca. Nós fizemos uma última volta boa, mas se o Max [Verstappen] tivesse terminado a sua volta, a Red Bull estaria na frente", iniciou Hamilton - Verstappen estava 0,3 segundo mais rápido que o piloto da Mercedes até o 3° setor e, na última curva, acabou batendo no muro do circuito de Jeddah e perdendo sua volta.

"Sendo assim, de qualquer maneira, eu estou feliz e grato. Temos que trabalhar como equipe amanhã", finalizou o britânico, que vai ter o companheiro de equipe Valtteri Bottas largando em 2°.

Hamilton está oito pontos atrás de Verstappen na tabela e tem, além da Arábia Saudita, o GP de Abu Dhabi para tentar reverter a situação e faturar o seu 8° título na categoria.

Veja o grid de largada da prova de amanhã, que começa às 14h30 (de Brasília):

  1. Lewis Hamilton (Mercedes)
  2. Valtteri Bottas (Mercedes)
  3. Max Verstappen (Red Bull)
  4. Charles Leclerc (Ferrari)
  5. Sergio Pérez (Red Bull)
  6. Pierre Gasly (AlphaTauri)
  7. Lando Norris (McLaren)
  8. Yuki Tsunoda (AlphaTauri)
  9. Esteban Ocon (Alpine)
  10. Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo)
  11. Daniel Ricciardo (McLaren)
  12. Kimi Raikkonen (Alfa Romeo)
  13. Fernando Alonso (Alpine)
  14. George Russell (Williams)
  15. Carlos Sainz (Ferrari)
  16. Nicholas Latifi (Williams)
  17. Sebastian Vettel (Aston Martin)
  18. Lance Stroll (Aston Martin)
  19. Mick Schumacher (Haas)
  20. Nikita Mazepin (Haas)