Esportes

Governador de Goiás comenta acidente aéreo do Palmas: 'imensa tristeza'

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), comentou nas redes sociais o acidente aéreo que matou o presidente do Palmas Futebol Clube e quatro jogadores do time e prestou condolências aos familiares das vítimas.

"Estendemos nossas condolências aos familiares de todas as vítimas deste trágico acidente", afirmou o governador.

A queda do avião ocorreu em Luzimangues, distrito do município de Porto Nacional, no Tocantins.

O grupo seguia para Goiânia, onde o Palmas tinha partida marcada para esta segunda-feira (25) contra o Vila Nova, pela Copa Verde. A CBF adiou o confronto em função da tragédia e divulgou uma nota se solidarizando com familiares das vítimas.

O acidente matou o presidente do Palmas Futebol Clube, Lucas Meira, de 32 anos, e mais 4 jogadores do time: Lucas Praxedes, 23, Guilherme Noé, 28, Ranule, 27, e Marcus Molinari, 23. O comandante da aeronave, identificado até o momento apenas como "Wagner", também morreu na tragédia.

Segundo relatos de moradores próximos à região, o acidente fatal ocorreu por volta das 8h15, logo após a aeronave decolar, ainda próximo da cabeceira da pista da Associação Tocantinense de Aviação.

O avião pegou fogo tão logo tocou o chão e ficou completamente destruído, vitimando os seis integrantes do voo imediatamente.

Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e membros do Instituto Médico Legal (IML) realizam trabalhos e prestam apoio no local.

A aeronave pertencia à família de Lucas Meira. Seu pai, Adair, é fundador do Sistema Sagres de Comunicação.