Esportes

Festa da torcida do SPFC no aeroporto é 'resposta' à Ceni, diz Zé Elias

O São Paulo embarcou para o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Flamengo amanhã, às 21h30, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, ovacionado pela torcida no Aeroporto de Congonhas. Para o ex-jogador Zé Elias, da ESPN, a atitude dos torcedores foi uma clara "resposta" à decisão do ídolo Rogério Ceni de assinar com o Rubro Negro.

"Acho que a repercussão é uma resposta a ida do Rogério Ceni ao Flamengo. Não é possível. Há 15 dias foram fazer manifestações, pediram a saída de Leco, Pássaro, Diniz e Daniel Alves. Quinze dias depois, coincidência ou não, no dia do acerto, criou-se isso", opinou, no Futebol na Veia.

A relação de idolatria entre a torcida Tricolor e o agora treinador, na opinião do comentarista, sempre vai pesar em futuros encontros. "Todas as vezes que Rogério for enfrentar o São Paulo, teremos esse clima, pela história do Rogério. Uma coisa é com o Fortaleza, um time arrumado, outra é com o Flamengo, com a possibilidade do São Paulo ser desclassificado. Quem poderia imaginar que o Fortaleza fizesse o que fez? Um 3 a 3 e um 2 a 2?", questionou.

"Vocês imaginem a cabeça do torcedor. É uma resposta: 'está vendo, Rogério? Estamos aqui também. A torcida está aqui e vamos apoiar o time", finalizou.

Rogério assinou com o Flamengo hoje (10) até o fim de 2021, e já comandou o primeiro trabalho do elenco. Na apresentação, ele colocou o futebol europeu como maior referência, e garantiu querer repetir o que deu certo durante a gestão de Jorge Jesus, que conquistou seis títulos.