Esportes

Arnaldo diz que 'torceu para a bola entrar' em chute histórico de Maradona

Arnaldo diz que 'torceu para a bola entrar' em chute histórico de Maradona

Se Pelé teve tentativa frustrada de gol do meio de campo na Copa do Mundo de 1970, Maradona também ficou no quase na busca pelo lance histórico. Foi na Copa América de 1989, disputada no Brasil, quando o ídolo argentino carimbou o travessão após chute do círculo central em jogo contra o Uruguai. Ele morreu hoje após parada cardiorrespiratória.

O desfecho do "quase gol" desapontou muita gente. Até mesmo o árbitro da partida, que naquela ocasião era Arnaldo Cézar Coelho. Em participação no "SporTV News" de hoje, o ex-juiz disse que "torceu para a bola entrar".

"Foi o último jogo que eu apitei do Maradona. Ele pegou a bola no meio de campo, viu o goleiro adiantado e jogou a bola no travessão", relembrou o ex-árbitro e comentarista.

"Eu tava atrás do Maradona e torci pra bola entrar ou para o gol recuar um pouquinho. Foi brilhante esse lance", acrescentou.

O jogo terminou com derrota por 2 a 0 da Argentina de Maradona. Naquela edição, o Brasil sagrou-se campeão da Copa América.

A morte de Maradona nesta quarta-feira abalou o mundo do futebol. A saúde do craque argentino já estava precária desde o início do mês, quando ele foi operado de um hematoma subdural e depois, por decisão familiar e médica, permaneceu hospitalizado devido a uma "baixa anímica, anemia e desidratação" e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool.

Maradona passou mal pela manhã. Segundo a imprensa argentina, seis ambulâncias foram chamadas para atender o ex-jogador, mas os médicos não conseguiram salvá-lo.

Antes dos problemas de saúde, o campeão mundial pela Argentina em 1986 trabalhava como técnico do clube Gimnasia y Esgrima La Plata.