Esportes

Em jogo agitado e com 5 gols, Manchester United elimina Liverpool na FA Cup

Manchester United e Liverpool se enfrentaram hoje na FA Cup, a Copa da Inglaterra, e fizeram um jogo digno do tamanho desse clássico. No final, o United venceu por 3 a 2, avançou para as oitavas de final da competição e enfrentará o West Ham.

Os dois times mostraram muita força mental. O Liverpool saiu na frente, com gol de Salah, mas o Manchester United não se abalou e buscou a virada, com gols de Rashford e Greenwood. E então os Reds também não fraquejaram e buscaram o empate, com outro gol de Salah.

Mas Bruno Fernandes saiu do banco de reservas e fez o gol decisivo em cobrança de falta, decretando a classificação do United.

Dois gols com belos passes

O jogo foi aberto desde o começo, com chances de gols para os 2 lados. Mas o Liverpool foi o primeiro a aproveitar a oportunidade. Firmino girou na intermediária e deu um passe perfeito para Salah dominar a bola, entrar na área e finalizar com frieza e precisão.

Mas o Manchester United também teve uma bela assistência. Rashford recebeu a bola na esquerda e acertou um lançamento longo para Greenwood, que dominou no peito e chutou cruzado com sucesso.

O United ainda teve duas boas chances de virar, com Pogba, mas ele errou o cabeceio e teve um chute rasteiro defendido por Alisson.

Presente devolvido

Os protagonistas do 1º gol do United foram os mesmos do 2º. Logo no início da etapa final, Greenwood deu um belo passe para Rashford ficar de frente para o gol e finalizar para a rede.

Rhys Williams inseguro

O zagueiro Rhys Williams mostrou insegurança desde o 1º tempo e falhou no 2º gol do United. Ele tinha condições de interceptar o passe de Greenwood, mas errou a tentativa e viu a bola passar.

Firmino e Salah de novo

O segundo gol do Liverpool saiu após outro passe de Firmino para Salah. Mas dessa vez a jogada teve participação especial de Milner, que roubou a bola no meio-campo, tocou para o brasileiro e, quando ia receber de volta, fez um belo "corta-luz". A bola ficou na medida pra Salah finalizar de esquerda e deixar tudo igual.

Aos 21 minutos, Firmino deu outro bom passe para Salah, que tentou o chute cruzado, mas Henderson defendeu.

"Reserva de luxo" decide

Tanto Manchester United quanto Liverpool pouparam um grande astro do time. O técnico Solskjaer colocou Bruno Fernandes no banco. E Klopp deixou Sadio Mané entre os reservas inicialmente.

Eles entraram na partida quase ao mesmo tempo, quando o jogo ficou 2 a 2 no placar. Mané ocupou o lugar de Wijnaldum aos 16 minutos do 2º tempo. Quatro minutos depois, Bruno Fernandes substituiu Van de Beek.

E o português decidiu a partida aos 33 minutos do 2º tempo, depois que o juiz marcou falta de Fabinho em Cavani, bem perto da área. Bruno cobrou no mesmo lado onde estava Alisson, mas o brasileiro não defendeu.

Depois disso o Manchester United recuou, conseguiu segurar a pressão do Liverpool e ainda acertou uma bola na trave, após bom cabeceio de Cavani.