Esportes

Djokovic estreia contra boliviano, e brasileiros dão azar no sorteio

Fortes candidatos ao ouro como Novak Djokovic e Ashleigh Barty, atuais líderes dos rankings mundiais, não terão estreias tão complicadas nos Jogos Olímpicos Tóquio-2020. O sorteio das chaves do tênis, realizado nesta quinta-feira, colocou o sérvio diante do boliviano Hugo Dellien, #139 do mundo, enquanto a australiana vai encarar a espanhola Sara Sorribes Tormo, 48ª do ranking.

Os brasileiros, por outro lado, não deram tanta sorte. Ou melhor, não deram nenhuma sorte por enquanto. Nas simples, o número 1 do país, Thiago Monteiro, vai encarar na primeira rodada o alemão Jan-Lennard Struff, #48. Caso vença, o cearense deve encarar Djokovic na segunda rodada. O outro simplista brasileiro em Tóquio, João Menezes (#217), vai estrear contra o croata ex-top 5 Marin Cilic (atual #36), campeão do US Open de 2014.

Nas duplas masculinas, a situação é ainda mais dura. Depois de perder Bruno Soares como parceiro, Marcelo Melo, que agora atuará ao lado do gaúcho Marcelo Demoliner, vai estrear contra os croatas Mate Pavic e Nikola Mektic, números 1 e 2 do mundo, respectivamente. Juntos, Pavic e Mektic venceram oito torneios em 2021, incluindo Wimbledon, que terminou há pouco mais de uma semana.

Nas duplas femininas, outra pedreira: Luisa Stefani e Laura Pigossi terão pela frente logo de cara as canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman, cabeças de chave 7 da competição. Se vencerem, podem pegar na segunda rodada as tchecas Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova. A chave de duplas mistas, na qual Stefani atuará ao lado de Melo, ainda não foi sorteada.

Osaka se dá bem, Murray pega top 20

Na chave feminina, Naomi Osaka também se deu bem. A número 2 do mundo e atual campeã do US Open e do Australian Open vai estrear contra a chinesa Saisai Zheng (#52) e deve ter um caminho relativamente tranquilo até as quartas de final.

A chave masculina tem alguns duelos duros já na primeira rodada. O atual bicampeão olímpico em simples, Andy Murray (#104), vai estrear contra o canadense Félix Auger-Aliassime (#15), enquanto o grego Stefanos Tsitsipas (#4) vai enfrentar o perigoso alemão Philipp Kohlschreiber, ex-top 20 e atual #112. O jogo mais esperado da fase inicial, porém, deve ser o duelo entre o japonês Kei Nishikori (#69), ex-top 10, e o russo Andrey Rublev (#7).