Esportes

Disputa pela audiência | Pela 1ª vez, SBT é derrotado pela Globo no Ibope com Fla no Rio

Pela primeira vez desde que o SBT passou a apostar no Flamengo em transmissões da Libertadores da América, a emissora de Silvio Santos não venceu na média de audiência durante uma partida a Globo no Rio de Janeiro. O empate do Rubro-Negro fora de casa com o Racing nesta terça-feira (24) pelas oitavas de final até registrou índices interessantes para os padrões do horário, mas não foi capaz de vencer o "Jornal Nacional" e a novela "A Força do Querer", que tiveram suas durações esticadas. Apenas contra o "The Voice", o Flamengo assumiu a ponta. Em São Paulo, além da Globo, o SBT perdeu para a Record e nem sequer chegou aos dois dígitos no Ibope.

Segundo dados prévios de audiência, obtidos pelo UOL Esporte, Racing x Flamengo marcou 18 pontos de média com picos de 21 na Grande Rio de Janeiro, entre 21h30 e 23h25. No mesmo horário, a Globo obteve 26 pontos com o trecho final do "Jornal Nacional", a novela "A Força do Querer" e o início do "The Voice Brasil". A Record, com as novelas "Amor Sem Igual", "Jesus" e o reality show de confinamento "A Fazenda 12" fechou com 7 pontos.

No primeiro tempo, a audiência foi crescendo gradativamente. A partida começou com índice variando entre 9 e 10 pontos na Cidade Maravilhosa. Pouco tempo depois, o Rubro-Negro já estava com 16 pontos. Mas a tática de guerrilha da Globo funcionou. "A Força do Querer" teve uma edição mais caprichada, com cenas quentes protagonizadas por Paolla Oliveira e Marco Pigossi, além de uma luta de MMA da personagem Jeiza, interpretada por Paolla.

Assim, a concorrente do SBT acabou ficando estagnada entre 26 e 27 pontos. No segundo tempo, o SBT conseguiu chegar aos 20 pontos após o fim do folhetim. A liderança só veio nos poucos minutos que Racing x Flamengo confrontou o "The Voice Brasil", com picos de 22 contra 16 da Globo, que passou a ter edições ao vivo a partir desta semana. Para comparação, na semana passada, o SBT marcou 7 pontos no Rio de Janeiro.

Em São Paulo, índice parecido com Palmeiras; em Brasília, liderança

Na capital paulista, a partida narrada por Téo José, com comentários de Mauro Beting e Jorginho obteve índices na média do que o SBT costuma marcar no horário com novelas infantis e o "Programa do Ratinho". Racing x Flamengo fechou com 7 pontos com picos de 8, e ficou em terceiro lugar no ranking de emissoras. No mesmo horário, a Record ficou com 10 pontos e a Globo obteve 28.

O Ibope é o mesmo que o SBT alcançou com a partida entre Tigre x Palmeiras, no dia 21 de outubro pela fase de grupos. A expectativa é que, com o jogo de volta, o SBT consiga um resultado melhor e possa ser mais competitivo nas duas principais capitais do país.

Em Brasília, uma cidade conhecida por ser um reduto flamenguista, o SBT venceu na média e impôs uma derrota contra "A Força do Querer", Racing x Flamengo marcou 16 pontos na Capital Federal e ganhou de ponta a ponta. A Globo marcou 15 e a Record obteve 6. No segundo tempo de jogo, o SBT venceu de forma imponente: 17 a 13. Por fim, em Porto Alegre, o jogo garantiu o segundo lugar. Foram 6 pontos, contra 5 da Record e 27 da Globo.