Esportes

Diego Ferreira é nocauteado por Gregor Gillespie no UFC Vegas 26

Primeiro brasileiro em ação no octógono do UFC Vegas 26, Carlos Diego Ferreira foi nocauteado no segundo round pelo norte-amerino Gregor Gillespie.

Apesar de um começo promissor, o experiente lutador de 36 anos foi dominado fisicamente pelo americano. Incansável, Gillespie apostou em constantes tentativas de queda e na pressão de seus ataques para conter o ímpeto do rival.

A estratégia deu certo, ainda mais pela dificuldade com o corte de peso apresentada por Diego, que no dia anterior ao evento havia estourado o limite da categoria dos pesos-leves (70 kg) em cerca de dois quilos. No octógono, não demorou para que a diferença de preparo físico fizesse a diferença.

Com o resultado, o atleta brasileiro acumula um cartel profissional de 17 vitórias e quatro derrotas, enquanto que Gregor, atual número 14 do ranking, venceu a 14ª disputa na carreira e se recuperou do único revés como profissional - o atleta foi nocauteado por Kevin Lee em novembro de 2019.

A luta

Em um primeiro round movimentado, Diego mostrou um boxe preciso e boas defesas de queda. Após surpreender o oponente com combinações de jab e direto, o brasileiro passou a evitar as seguidas tentativas de Gregor em levá-lo para o solo. Por fim, 'CDF' ainda terminou o assalto por cima, golpeando pelas costas. Diego 10 x 9 Gregor.

A intensidade do combate continuou na etapa seguinte. Incansável em seu plano de tentar derrubar, o atleta americano sofreu alguns golpes no início até conseguir colocar o faixa-preta de jiu-jitsu com as costas no chão. E apesar da desenvoltura de Diego na luta agarrada, a pressão constante e o preparo físico de Gregor falaram mais alto.

Com pouco menos de vinte segundos para o fim do assalto, o árbitro interrompeu o confronto quando Gillespie aplicava forte sequência de golpes pelas costas do rival que, indefeso, demonstrou que o cansaço o impedia de continuar.

Acompanhe os resultados do UFC Las Vegas 26:

Gregor Gillespie nocauteou Diego Ferreira no 2º round;
Phil Hawes venceu Kyle Daukaus por decisão unânime;
Michael Trizano venceu ?udovít Klein por decisão unânime;
Jun Yong Park venceu Tafon Nchukwi por decisão majoritária;
Carlston Harris finalizou Christian Aguilera no 1º round.