Esportes

Copa Libertadores | Luxemburgo vê Palmeiras no caminho certo e explica plano para usar Rony

Copa Libertadores | Luxemburgo vê Palmeiras no caminho certo e explica plano para usar Rony

Vanderlei Luxemburgo considera que o Palmeiras está no caminho certo, após vencer a terceira partida em três rodadas na Copa Libertadores. Depois de bater o Bolívar em La Paz por 2 a 1, o técnico fez uma análise da atuação, especialmente pela entrada de Rony, que é um dos jogadores mais rápidos do elenco e foi preparado para ser a principal opção ofensiva no Hernando Siles.

"Viemos antes para entender a altitude, não pelas dificuldades do jogo, que você sabe que vai ter. São as surpresas que pode acontecer, a tontura, a dor de cabeça, a ânsia de vômito. Com dois dias de preparação vamos quebrando isso. A bola fica rápida e treinamos bastante o chute de fora da área, a bola longa no Rony, porque a bola viaja bastante e nosso goleiro pega bem na bola. O Rony é veloz e isto é importante. Tudo que aconteceu foi bem planejado", analisou.

O Verdão venceu mesmo tendo de tirar três titulares na véspera do confronto: Patrick de Paula e Luiz Adriano apresentaram desgaste elevado, e Lucas Lima sofreu um trauma no pé esquerdo, contra o Sport. Apesar das dificuldades na altitude de La Paz, que fica a 3640 metros do nível do mar, o Palmeiras foi o primeiro time brasileiro a vencer o Bolívar na cidade depois de 37 anos. Eram 11 partidas de jejum até a noite de ontem (16).

Depois do resultado, que mantém o Palmeiras na liderança do Grupo B, Luxemburgo foi questionado se a equipe é uma das favoritas ao título continental. O treinador adotou tom cauteloso.

"Ganhamos três jogos, mas temos de classificar e ainda tem o mata-mata. Muito ainda vai acontecer. Vamos brigar para conquistar o título, mas outras equipes também vão brigar. É muito precoce falar que o Palmeiras é o favorito. O Palmeiras vai trabalhar muito para isso acontecer. Temos um elenco versátil, que não é muito grande, mas de garotos, de jovens. Estamos no caminho certo, mas há uma distância ainda a ser percorrida", completou.