Esportes

Como Willian virou protagonista pós-River e pode mudar Palmeiras na final

Classificação e Jogos

As duas boas atuações do Palmeiras desde o jogo contra o River Plate (ARG) tiveram Willian como um dos destaques. Contra Grêmio e Corinthians, o atacante não jogou como um tradicional ponta pela esquerda e reforçou a possibilidade de Abel Ferreira mudar o estilo de jogo até a final da Copa Copa Libertadores, dia 30, contra o Santos, no Maracanã.

Hoje (21), o Verdão enfrenta o Flamengo em Brasília (DF), às 19h, pela 31ª rodada do Brasileirão. O treinador português deve fazer trocas por conta do desgaste físico, mas, mesmo se poupar Luiz Adriano, Willian não deve automaticamente torna-se o centroavante. Contra o Grêmio, Rony ocupou muito mais a área, com Breno Lopes pela direita, e Bigode a princípio do outro lado.

Só que a movimentação do camisa 29 é direcionada muitas vezes para o meio, ocupando espaços entre as linhas de defesa e meio-campo dos adversários. Foi desta forma que ele tirou muita vantagem no Dérbi, deu a assistência para os gols de Raphael Veiga e Luiz Adriano.

Willian não é um ponta de origem nem centroavante. Os esquemas usadas por outros técnicos no Palmeiras acabaram fazendo com que ele tivesse de fazer uma dessas duas funções. Com Abel Ferreira, ele tem um papel que se assemelha ao de um segundo atacante.

Esta formatação tática já havia sido experimentada pelo português antes, mas encaixou bem nas últimas duas partidas, depois de uma atuação ruim contra o River — o time paulista foi derrotado em casa, mas garantiu a classificação à final do torneio continental. Tendo Willian mais solto, o Palmeiras conseguiu construir mais jogadas pelo meio, sem depender tanto de lances pelas laterais ou de linha de fundo.

No Dérbi, o Verdão nem começou o jogo com um velocista e teve quatro jogadores de meio-campo — Danilo, Zé Rafael, Gabriel Menino e Raphael Veiga. O novo esquema é uma opção que Abel ganhou antes da decisão da Libertadores.

Mesmo que contra o Santos ele decida voltar a jogar com Rony, que participou de 12 gols nesta Libertadores, Willian tem ganhado espaço para também começar a partida no Maracanã. Neste caso, Gustavo Scarpa é quem corre o risco de ficar no banco do atacante de 34 anos, vice-artilheiro do Verdão na temporada com 18 gols, empatado com Raphael Veiga — Luiz Adriano é o líder, com 20.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO x PALMEIRAS
Competição:
31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 21 de janeiro de 2021, quinta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

FLAMENGO: Hugo; Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Natan) e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Rogério Ceni

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Kuscevic (Alan Empereur) e Viña (Gustavo Scarpa); Danilo, Gabriel Menino e Raphael Veiga; Rony, Willian e Luiz Adriano. Técnico: Abel Ferreira