Esportes

Adversário do Inter hoje | Técnico do Olimpia já foi detido pela Interpol

No comando do Olimpia, adversário do Inter na noite de hoje (5), às 21h (de Brasília), no Beira-Rio, pela terceira rodada do grupo B da Libertadores, estará um velho conhecido da torcida gaúcha. Hoje treinador, Sergio Orteman passou pelo Rio Grande do Sul defendendo o Grêmio, mas sem o mesmo sucesso que teve em outras equipes. Pelo clube paraguaio, carrega títulos, mas também uma polêmica que gerou até detenção pela Interpol.

Orteman atuou no Olimpia no auge de sua carreira. Conquistou a Libertadores de 2002 —acabando com o sonho do São Caetano no Pacaembu— e foi eleito melhor jogador da competição. O meio-campista permaneceu no clube até 2004, quando uma atitude gerou irritação.

Segundo o clube paraguaio, o jogador acertou sua transferência para o Independiente, da Argentina, sem anuência da direção. Recebeu 66 mil dólares (R$ 358 mil pela cotação atual) e deixou o país sem qualquer tipo de acordo.

O então presidente do Olimpia foi duro nas palavras contra o atleta. À imprensa local, Osvaldo Domínguez chamou Orteman de "criminoso". O clube procurou a Justiça depois de uma acusação de fraude e lesão de confiança. Uma ordem de detenção foi expedida em agosto de 2007 pelo juiz Hugo Sosa Pasmor.

Em 2008, Orteman foi detido no aeroporto de Montevidéu, no Uruguai, numa ordem de busca e captura com fins de extradição, dada pela Interpol. Dois dias depois o pedido de extradição ao Paraguai foi negado e o jogador acabou liberado para cumprir transferência ao Grêmio.

Sergio Daniel Orteman, então jogador do Olimpia, treina no Japão antes da final do Mundial de Clubes - Kazuhiro Nogi/AFP - Kazuhiro Nogi/AFP
Imagem: Kazuhiro Nogi/AFP

Passagem apagada por Porto Alegre

A passagem pelo Tricolor foi apagada. Contratado grande reforço para temporada 2008, Orteman passou a jogar em agosto daquele ano, mas não conseguiu sequência. Foram apenas 18 jogos com um gol marcado entre 2008 e 2009. O uruguaio foi mais frequente na reserva do que no time titular.

Em agosto de 2009, Orteman rescindiu vínculo com o clube gaúcho e acertou transferência para o Penãrol, voltando para casa. Antes de se apresentar, porém, foi ao Paraguai para resolver as pendências que ainda tinha com a Justiça por causa da questão de 2004. Só em 2009 que o pedido de extradição foi anulado definitivamente.

Trajetória como treinador

A carreira de Orteman como treinador começou recentemente. Aposentado em 2015, ele assumiu o San Lorenzo, do Paraguai, último clube que defendeu como atleta. De cara seu trabalho teve ótima repercussão, com dois acessos seguidos que catapultaram o time da terceira divisão para a elite do país.

Em julho do ano passado saiu do clube para o Sol de América, mas acabou demitido pelo desempenho aquém do esperado da equipe.

A chegada ao Olimpia foi para ocupar a vaga aberta com a demissão de Néstor Gorosito. Até agora são cinco vitórias, um empate e duas derrotas no comando.