Esportes

3 a 1 pelo Inglês | Liverpool supera Tottenham e volta a vencer após cinco jogos

Depois de cinco jogos sem vencer pelo Campeonato Inglês - e não marcar gols neste ano pelo torneio -, o Liverpool tirou o peso das costas ao superar o Tottenham por 3 a 1, em duelo disputado fora de casa na tarde de hoje.

Com a vitória, o time comandado por Jurgen Klopp foi a 37 pontos e retomou a 4ª posição na tabela. A equipe de Londres, por outro lado, perdeu a invencibilidade de mais de um mês no torneio e permaneceu no 6° lugar.

O jogo começou bastante agitado e com chances claras para as duas equipes. No primeiro minuto de jogo, Mané perdeu um gol feito para o Liverpool após receber lançamento Salah e finalizar para fora.

Um minuto depois, foi a vez de o Tottenham se lamentar. Isso porque o meia Son, após tabela com Kane, finalizou forte e balançou as redes de Alisson. O gol, no entanto, foi invalidado pelo VAR pelo fato de o sul-coreano estar impedido no início da jogada.

Firmino tira a 'zica'

Depois de mais algumas oportunidades, o jogo ficou equilibrado e saiu do zero já no minuto final do 1° tempo. Mané recebeu um lançamento de Henderson e cruzou para a área. O brasileiro foi esperto e, nas costas da zaga, empurrou para a meta de Lloris, tirando a "seca" da equipe: 1 a 0.

O começo do 2° tempo repetiu os primeiros minutos da etapa inicial - desta vez, com gols validados. Aos 2 minutos, o lateral Alexander-Arnold aproveitou rebote de Lloris e ampliou o placar para o Liverpool.

Acabou? Nada disso

Uma suposta tranquilidade do time de Klopp, no entanto, não durou nada. Isso porque, no lance seguinte, Bergwijn rolou da entrada da área para Höjbjerg finalizar forte e diminuir o placar: 2 a 1.

Aos 10 minutos, novo gol anulado - desta vez, do time visitante. Firmino fez o pivô e tocou com o braço na bola durante a jogada que desencadeou em um chute de Salah que parou na rede. A arbitragem, no entanto, usou a tecnologia para cancelar o lance.

Teve tempo para mais...

Uma reação do Tottenham em meio à anulação do gol do rival não aconteceu. Aos 20 minutos, o zagueiro Rodon se enrolou com o tempo de bola dentro da própria área e Mané aproveitou para fazer o terceiro.

Desde então, o Liverpool conseguiu neutralizar as ações ofensivas da equipe mandante e priorizou a posse de bola, alcançando a meta de Lloris em mais algumas oportunidades.