Esportes

0 a 0 no Independência | Em jogo fraco, Cruzeiro só empata com Cuiabá e fecha traumático 2020

O Cruzeiro fechou o calendário de jogos em 2020 com um melancólico empate sem gols contra o Cuiabá, hoje (29), no estádio Independência, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Se antes da partida havia pouca chance de a Raposa seguir sonhando com a Série A, o resultado desta noite jogou uma pá de cal naquele que era o principal objetivo do clube.

O Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) apontava 1,5% de probabilidade do acesso antes do jogo, número que possivelmente cairá ao fim da rodada. O Cruzeiro precisava vencer os seus sete jogos restantes para chegar aos 61 pontos, pontuação que outrora já garantiu equipes na Série A. O time com o empate aumenta o jejum de vitórias, já que dos últimos 12 pontos disputados conquistou apenas três.

O próximo jogo do Cruzeiro acontecerá só em 8 de janeiro, contra o Sampaio Corrêa, no Maranhão. Já o Cuiabá recebe o Juventude daqui uma semana, em 5 de janeiro, na Arena Pantanal.

O jogo

O Cruzeiro começou com um ritmo mais forte, adiantou suas linhas, prendeu a bola no campo de ataque e empurrou o Cuiabá para mais perto da área do goleiro João Carlos. As investidas celestes aconteceram mais pelos lados do campo, característica marcante de um time que mostrou em 2020 uma grande carência no meio-campo, principalmente pela falta de uma "cabeça pensante" para armar as jogadas.

A trincheira defensiva do Dourado dificultava as chegadas mais perigosas da Raposa, que tinha bem mais posse de bola, mas não conseguia traduzir isso em chances claras de gol.

Mesmo dominando as ações do jogo, o Cruzeiro por pouco não começou perdendo. Aos 31 minutos, Pierini perdeu uma chance claríssima, com Manoel salvando o que seria um gol certo, para a sorte da equipe celeste.

No segundo tempo o Cruzeiro manteve sua estratégia, mas sem tanto ímpeto como na etapa inicial, e assim deu mais espaços para o Cuiabá. A proposta dos visitantes era de forma clara jogar por uma bola e mesmo dominado pela Raposa foi quem teve as melhores chances.

Aos 33 minutos do segundo tempo

Quem foi bem: Adriano

O volante do Cruzeiro foi uma das peças mais acionadas pela Raposa no jogo. Era o ponto de equilíbrio do time, distribuindo e controlando o jogo.

Quem foi mal: Pierini

O meio-campista do Cuiabá perdeu um gol praticamente com a meta de Fábio aberta. Manoel salvou em cima do lance, para sorte do Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 0 X 0 CUIABÁ

Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Assistentes: NeuzaInes Back (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Cartão amarelo: Alexandre Melo, Jenison, Matheus Barbosa (CUI); Adriano, Manoel (CRU)
Cartão vermelho: Não houve

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Filipe Machado e Giovanni (Régis); Arthur Caíke (Airton), William Pottker e Rafael Sóbis. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

CUIABÁ: João Carlos; Lucas Ramon, Ednei, Anderson Conceição e Alexandre Melo (Kunde); Matheus Barbosa, Gabriel Pierini e Nenê Bonilha; Felipe Marques (Maxwell), Marcinho (Willians) e Élton (Jenison). Técnico: AllanAal