Entretenimento

Sammy Lee supera compulsão alimentar 'gravíssima' e vive nova fase: 'Me sinto uma fênix'

Sammy Lee supera compulsão alimentar 'gravíssima' e vive nova fase: 'Me sinto uma fênix'

Sammy conversou com exclusividade com o PurePeople sobre saúde e sua relação com a autoestima. A artista, que chegou a ser internada para tratar de depressão e ansiedade, explicou que, em 2020, desenvolveu uma compulsão alimentar que classificou como “gravíssima”.

“Ano passado eu passei por uma compulsão alimentar gravíssima. Nunca falei sobre antes, mas foi um ano muito difícil pra mim em relação à minha autoestima”, lembra a influencer de 23 anos. “Eu comia chorando, não cabia mais comida, eu estava passando mal, mas não conseguia parar de comer. Compensei minha dor na comida, e isso me causava mais dor ainda”, relata.

Em 2020, vale lembrar, Sammy deu à luz a Jake, seu primeiro filho com o então marido Pyong Lee. Na ocasião, o ilusionista estava confinado no “BBB 21”, e a mãe da influencer enfrentava um câncer, do qual veio a falecer pouco antes da entrada de Pyong no “Ilha Record”.

A participação do youtuber nesse segundo reality, aliás, foi rodeada de polêmicas: o público acusou o mágico de trair Sammy com a modelo Antonela Avellaneda durante o programa. Pouco depois, a influencer anunciou o fim do casamento nas redes sociais.

Amar as próprias marcas ajudou Sammy a se reeguer

A mãe do pequeno Jake destaca ainda que, com ajuda de terapia e muita força de vontade, conseguiu se reerguer, superando até a compulsão alimentar: “Aprendi a me amar mais, incluindo as minhas estrias, que me impediram de usar biquíni por muito tempo. Hoje uso biquíni, e amo elas!”, conta Sammy, que agora se soma às famosas que exibem o corpo real na web.

“Me faz ser quem sou, e reconheço que elas [as estrias] fazem parte da minha história”, declara a influencer. Há poucos meses, Mariana Goldfarb também declarou amor às próprias marcas.

Sammy avalia que procedimentos estéticos não mudam a essência ou o DNA

Ao aprender a se conhecer melhor, a influencer explica que passou a refletir sobre autoesima. “Nenhum procedimento estético muda DNA, tem detalhes que eu acho lindo, mas nunca chegarei naquilo. Comecei a me conhecer, e melhorar dentro do meu universo, da minha unidade, e isso levou toda minha insegurança embora”, esclarece.