Entretenimento

"O próprio menino Jesus", diz Whindersson Nunes sobre Felipe Neto em briga na web

O humorista Whindersson Nunes e o youtuber Felipe Neto trocaram farpas na web nesta sex-feira (10). A confusão começou quando um torcedor do Vasco pediu que Whindersson ajudasse financeiramente o time para contratar o jogador Coutinho.

“No Botafogo, Felipe Neto e Marcelo Adnet ajudaram financeiramente a contratar o lateral Rafael, um bom reforço para a sequência do campeonato. Tá na hora do Whindersson Nunes gastar seus milhões com o Vasco, juntar com outro vascaíno famoso e trazer o Coutinho de volta”, disse o perfil.

“Tô financiando uma pesquisa pra um motor adaptado pra motorizar qualquer tipo de cadeira de rodas, e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buraco das estradas pra ninguém se acidentar à noite, já que não tapam os buracos. Não vou gastar nada com time, só torcer”, rebateu Whindersson.

Os fãs de Felipe Neto não gostaram da resposta e entenderam o comentário do humorista como indireta.

O jornalista esportivo José Passini, também não gostou do comentário e acusou Nunes de não contribuir por ter sido traído por sua ex-esposa, a cantora Luísa Sonza.

“Por isso tu é [sic] corno”, escreveu, mas depois apagou: “Mas fica o registro do dia em que entramos na mente do homem que se negou a ajudar o Vasco da Gama”.

Whindersson não gostou e deu a entender que vai processar Passini.

O youtuber Felipe Neto partiu em defesa do jornalista. “Quem quiser falar mal do Passini terá que me derrubar primeiro. Irmão, tu vai [sic] ter mais advogado que o Eike Batista”, afirmou. Ele ainda afirmou que faz doações para ONG e que gasta seu dinheiro como quer.

“Faço doações a todo tipo de instituto, ONG e movimento. Investi quase R$ 1 milhão na criação do Instituto Vero de educação digital. Criei o movimento Cala Boca Já Morreu, em apoio à pessoas perseguidas por opinião. E vou gastar em time sim.”, disse Felipe.

Whindersson não deixou barato e respondeu ao Felipe: “Parabéns é o próprio Jesus”