Entretenimento

Ministro da Saúde mostra dedo do meio para manifestantes em Nova York; VEJA VÍDEO

Ministro da Saúde mostra dedo do meio para manifestantes em Nova York; VEJA VÍDEO

O dia do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Nova York terminou com polêmicas. Na saída da comitiva presidencial de uma recepção na residência da missão brasileira junto à Organização das Nações Unidas (ONU), na noite desta segunda-feira (20/9), um grupo de manifestantes gritaram palavras de ordem contra o mandatário, enquanto cercavam o local.

Mais cedo, ao chegar para jantar, Bolsonaro fez um sinal de “menos” com as mãos para o grupo. Na saída, no entanto, alguns dos convidados do presidente responderam às provocações. Um vídeo publicado nas redes sociais registrou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mostrando o dedo do meio para os manifestantes.

Intervenções

Na véspera do discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Assembleia Geral da ONU, um caminhão com telões circulou pelas ruas de Nova York, nesta segunda-feira (20/9), exibindo imagens e mensagens contra o chefe do Executivo brasileiro.

Em vídeo postado nas redes sociais, é possível ver as frases contra o presidente, como “Bolsonaro mentiroso” e “Bolsonaro queima a Amazônia”, acompanhadas do som de labaredas flamejando e de imagens, ora da floresta em chamas, ora de Bolsonaro com o rosto em fogo.