Entretenimento

Emmy 2020 fez história com recorde de atores negros premiados

Emmy 2020 fez história com recorde de atores negros premiados

A premiação do Emmy 2020 na noite desse domingo (20) foi muito diversa antes mesmo de começar, e, depois, fez história. Um número recorde de atores negros que disputaram as categorias consideradas principais levou troféus para casa na 72ª edição do evento: sete. O recorde anterior foi seis, em 2018.

Entre os premiados, estão Regina King, que venceu na categoria de Melhor Atriz em Minissérie por seu papel em Watchmen; Yahya Abdul-Mateen II ganhou o prêmio de Melhor Ator em Minissérie por sua participação na mesma produção; Uzo Aduba, que venceu a disputa de Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie pelo trabalho em Mrs. America; e Zendaya, vencedora na categoria de Melhor Atriz em Série de Drama, por sua atuação em Euphoria.

No sábado (19), Maya Rudolph, Eddie Murphy e Ron Cephas Jones também foram premiados. Rudolph e Murphy venceram como Melhor Atriz Convidada e Melhor Ator Convidado, respectivamente, em Série de Comédia, por sua participação em Saturday Night Live.

Jones também se destacou por compor a primeira dupla de pai e filha a ganharem um prêmio. Ele venceu a disputa na categoria de Melhor Ator Convidado em Série de Drama, por sua participação em This Is Us, e sua filha, Jasmine Cephas Jones, na categoria Melhor Atriz em Série Curta de Comédia ou Drama, por sua atuação em #FreeRayshawn.

Outro ator negro premiado foi Laurence Fishburne, que ganhou o Emmy de Melhor Ator em Série Curta de Comédia ou Drama por #FreeRayshawn.

A vitória desses últimos em categorias não principais — além de RuPaul, que ganhou a quinta estatueta por Melhor Apresentação de Reality ou Programa de Competição, com RuPaul’s Drag Race — junto a Reginald Hudlin, o primeiro produtor negro a participar da execução do evento, fizeram do Emmy 2020 um dos mais diversos de sua história.

33% de indicados negros

Em um ano marcado por protestos contra o racismo e a violência policial nos EUA e no mundo, 33% dos indicados em todas as categorias do Emmy deste ano eram negros, em comparação aos 14% nos cinco anos anteriores.

Com a vitória deste ano, Regina King obteve seu quarto Emmy, empatando com Alfre Woodard, como artista negra com mais prêmios. As duas trabalharam juntas recentemente em uma mesa de leitura virtual que reconstruiu um episódio da série The Golden Girls (1985) com artistas negros.

Zendaya, de 24 anos, se tornou a atriz mais jovem a vencer na categoria de Melhor Atriz de Drama, por seu papel como a adolescente problemática Rue Bennett em Euphoria. Até então, a mais jovem a ganhar o prêmio era Jodie Comer, que venceu em 2019 por sua atuação em Killing Eve, aos 26 anos.