Educação

Professores do R7 Ensina dão dicas para a segunda prova do Enem

Professores do R7 Ensina dão dicas para a segunda prova do Enem

Às vésperas da segunda prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que será realizada neste domingo (24), os professores do R7 Ensina, numa parceria com a Estácio, dão dicas fundamentais para o exame.

Rafa Jesus, da plataforma Tá Lembrando, e Carlos André, do canal Química de Sucesso, falam sobre as maneiras de segurar a ansiedade e tirar o Enem de letra. Confira.

Como controlar a ansiedade antes da prova?

Para Carlos André, "muita gente perdeu a esperança, mas agora é hora de voltar a acreditar", diz. "Não acredito que muitos não tenham ido na primeira prova, como o alto índice de abstenção mostrou, apenas pela pandemia, mas creio que não foram por não acreditarem que conseguiriam, que outros tiveram um preparo melhor."

O professor destaca que todos "podem conquistar uma vaga" e para isso é importante controlar o emocional. "Vale dizer que esta prova não define quem é o aluno, quem é a pessoa, é uma etapa que o estudante vai vencer para chegar ao ensino superior."

Rafa Jesus observa que a ansiedade é comum, principalmente porque muitos jovens têm medo de "ir mal na prova". Mas aconselha: "o aluno pode se acalmar da seguinte maneira: deve pensar que estudou, que tem tudo para ter um resultado melhor". O estudante deve observar a evolução nos seus estudos. "Não pense muito no futuro, haja no presente para ir bem na prova de domingo."

E durante a prova? O que fazer? "O aluno deve se preparar. Se ele perceber que está muito nervoso, o resultado da prova será afetado, faz parte ter alguns momentos de descontrole, mas é preciso criar um plano para lidar com isso: pode ser uma oração, contar até dez ou tomar água, cada um cria um mecanismo para se acalmar", explica o professor Rafa.

Como me preparar para o segundo dia de prova se no primeiro eu não fui tão bem?

"Precisa compreender o que é a prova e é comum no primeiro dia os alunos terem dificuldade ou ficarem em dúvida entre uma e outra resposta, as questões exigem muita interpretação de texto e podem confundir", explica o professor Carlos. "O que define a nota do Enem é a redação e matemática, agora é hora de se concentrar na prova de domingo."

"Tem aquele aluno que acha que foi tão mal que não quer nem fazer o segundo dia, e, no mínimo, ele está perdendo a oportunidade de treinar e ganhar experiência", avalia Rafa. "Vá fazer a prova sim porque você terá muitas informações para uma segunda vez, aprendemos com os erros."

Outra dica do professor Rafa, que também é coach educacional, é "pensar no que errou na primeira prova, o que o estudante fez que não ajudou a ir bem, identificar e não repetir no segundo dia do Enem."

Chegou em cima da hora? Saia mais cedo. Esqueceu o lanche? Deixe algo separado.

E a 'temida' prova de matemática: por onde começar?

"Todo mundo trata a prova de matemática como 'temida', vamos mudar a mentalidade sobre a matemática? Realmente não sabe nada de matemática mesmo? Quando o aluno percebe que domina alguns conteúdos, ele se sente mais capaz de aprender", observa Rafa.

Nesta segunda prova do Enem, o estudante terá de responder a 45 questões só de matemática, fora as outras 45 das outras matérias, uma verdadeira maratona.

"A estratégia é 'passear' por todas as questões da prova, dar uma olhada antes de começar a responder, faça o exercício que é mais fácil ou da matéria que tem afinidade, leu a questão e tem dificuldade, pula e faz depois", aconselha o professor Rafa.

O professor Carlos revela um segredo sobre a prova de matemática: "dois terços das questões estão baseadas no ensino fundamental, são questões de compreensão, análise", diz. "Comece pelas questões de regra de três, situações problema e pelas mais simples e no final da prova é manter a concentração."

Compartilhe: