Economia

Startup de maquininhas acusa Souza Cruz de não cumprir contrato

Startup de maquininhas acusa Souza Cruz de não cumprir contrato

A startup de meios de pagamentos Delivery Pay acusa a Souza Cruz, da gigante de cigarros British American Tobacco, de não ter cumprido o contrato para desenvolvimento de um sistema de pagamentos para o uso da rede de revendedores da marca e pede 20 milhões de reais na Justiça. A startup diz que a Souza Cruz se comprometeu a distribuir milhares de maquininhas para os representantes, mas não o fez, inviabilizando financeiramente a startup. No processo, a empresa de maquininhas diz que opera em apenas 638 pontos quando o planejamento feito junto com a Souza Cruz era de atingir mais de 50 mil pontos. Um levantamento feito pela startup mostrou ainda que os estabelecimentos comerciais sequer sabiam das vantagens de usar a maquininha. A Souza Cruz não quis comentar e informou apenas que ainda não foi notificada do processo. 

*Quer receber alerta da publicação das notas do Radar Econômico? Siga-nos pelo Twitter e acione o sininho.