Economia

Fraudes online aumentam 200% na semana da Black Friday

Fraudes online aumentam 200% na semana da Black Friday

No ano do comércio eletrônico, motivado em boa parte pela pandemia, o número de sites fraudulentos chama a atenção. Entre julho e setembro foram 10.517 endereços virtuais tentando coletar dados como endereço e número do cartão de crédito dos clientes. Do total, 54% miravam o e-commerce, ultrapassando setores como os bancos e outras instituições financeiras. Os dados fazem parte do Relatório Trimestral de Atividade Criminosa Online no Brasil, compilado pela empresa de segurança digital Axur.

A coisa piora no final do ano, seja por conta da Black Friday ou do Natal. Em 2019, o volume de sites irregulares aumentou 200% em relação ao ano anterior em datas comemorativas do varejo. Para contornar a situação, a Axur lançou hoje o site PossoConfiar.com.br. Basta inserir a URL da loja e a ferramenta avalia se o site é seguro.