Economia

Cade sonda o mercado sobre negócio entre a Stone e a Linx

Cade sonda o mercado sobre negócio entre a Stone e a Linx

O Cade está apurando intensamente as implicações do negócio entre a Stone e a Linx. O órgão enviou ofícios entre os dias 8 e 9 de outubro a diversas empresas, que vão de adquirentes como GetNet, Rede, PagSeguro e Cielo a varejistas como Renner e Lojas Americanas, passando por Petrobras e Alpargatas.

O Cade pergunta para as companhias se a união representaria uma relação de “dependência, independência ou complementariedade” e os “impactos concorrenciais no mercado de soluções de pagamento”.

O prazo para resposta era dia 21 de outubro. As companhias vêm retornando sigilosamente e algumas pediram dilação do prazo.