Economia

Auditores da Receita Federal reagem à ingerência de Flavio Bolsonaro

Auditores da Receita Federal reagem à ingerência de Flavio Bolsonaro

Os auditores da Receita Federal enviaram carta ao ministro da economia, Paulo Guedes, e ao secretário da Receita Federal, José Tostes neto, para manifestar indignação com as notícias de que o corregedor do órgão não foi ainda nomeado por ingerências políticas. O  senador Flávio Bolsonaro, investigado no caso das rachadinhas com base em informações do fisco, está tentando emplacar o auditor aposentado Dagoberto da Silva Lemos no cargo.

Os auditores dizem na carta que o aparelhamento da corregedoria da Receita Federal pode interferir nas grandes fiscalizações prejudicando o combate a evasão fiscal, corrupção e a lavagem de dinheiro. “Uma Corregedoria técnica e independente permite estabilidade e isenção nos trabalhos realizados pela Receita Federal do Brasil, trazendo segurança para a atuação das autoridades tributárias e aduaneiras”, diz a carta.