Brasil

Novo ato contra Bolsonaro já tem data anunciada por movimentos sociais

Novo ato contra Bolsonaro já tem data anunciada por movimentos sociais

Movimentos sociais e organizações de esquerda marcaram para o dia 24 de julho um novo ato contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), depois de levarem milhares de pessoas às ruas em protestos no dia 29 de maio e no sábado passado (19), em cidades do Brasil e do exterior.

A decisão saiu de uma reunião nesta terça-feira (22) entre líderes da Campanha Nacional Fora Bolsonaro, fórum de entidades que fizeram os atos anteriores. A bandeira do impeachment será reforçada, com pressão para que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), paute um dos pedidos.

As ações de rua são vistas com cautela por parte dos organizadores em meio à pandemia do coronavírus. O tema foi levantado na reunião desta terça, mas a avaliação geral foi a de que foi possível manter a obediência às regras sanitárias nos atos anteriores, principalmente o uso de máscara.

Além da saída de Bolsonaro, as principais pautas da manifestação vão se manter: o pedido de mais vacinas contra a Covid-19 e de auxílio emergencial de R$ 600. A manifestação no último sábado coincidiu com a marca de 500 mil mortos pela doença no país, número lembrado em cartazes e discursos.