Brasil

"NOIVINHA DE ARISTIDES": Entenda xingamento a Bolsonaro que levou mulher à prisão

O presidente Jair Bolsonaro determinou no domingo (28) a prisão de uma mulher que passava pela via Dutra e o chamou de “noivinha de Aristides”.

Mas afinal por que o xingamento deixou o presidente tão irritado?

Segundo informações que circulam nas redes sociais, o sargento Aristides teria sido instrutor de judô à época em que Jair Bolsonaro cursou a Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende-RJ.

Bolsonaro esteve na cidade no sábado para participar de cerimônia de formatura dos cadetes da Academia.

A revelação teria sido feita pelo senador Jarbas Passarinho, que foi ministro durante a ditadura militar.