Brasil

Concurso na França | Brasil é o segundo país com mais medalhas na 'Copa do Mundo' dos queijos

Concurso na França | Brasil é o segundo país com mais medalhas na 'Copa do Mundo' dos queijos

O resultado do MondialduFromageetdesProduitsLaitiers, concurso de produtos lácteos realizado na França de 12 a 14 de setembro e promovido pela Guilde Internationale des Fromagers, é motivo de orgulho para os brasileiros.

Isso porque os queijos nacionais conquistaram 57 de 331 medalhas e ficaram em segundo lugar no ranking geral, atrás apenas da própria França.

De acordo com Débora Sperat Czar, presidente da SerTãoBras, associação que enviou os queijos para a competição, o resultado foi uma superação. Para países onde a cultura queijeira não é tão valorizada, as medalhas representam um impulso ao setor.

No concurso, 940 queijos foram avaliados - Reprodução - Reprodução
No concurso, 940 queijos foram avaliados
Imagem: Reprodução

Ao todo, entraram na disputa 940 queijos de 46 países. Desses, 20% foram produzidos no Brasil. Minas Gerais foi responsável por 40 prêmios e São Paulo, por 15. Queijos do Pará, de Goiás, de Mato Grosso do Sul e do Paraná também participaram da avaliação.

A medalha super ouro, mais desejada pelos queijeiros, foi atribuída a cinco exemplares nacionais. São eles: Mandala 12 meses, da Pardinho Artesanal (Pardinho, SP), Canastra reserva do Ivair José de Oliveira (Serra da Canastra, MG), Canastra Serjão maturado 100 dias, de Sergio de Paula Alves (Piumhi, MG), Monto da Serra, do Laticínios Cruzilia (Cruzília, MG) e Queijo Minas Artesanal Quilombo na Cachaça, de Ivacy Pires dos Santos (Sabinópolis, MG).

Queijo do Ivair, da Serra da Canastra - Reprodução - Reprodução
Queijo do Ivair, da Serra da Canastra
Imagem: Reprodução

No ano que vem, o Mundial dos Queijos acontecerá em Inhotim (MG) entre 15 e 18 de setembro.

Confira a lista completa dos queijos brasileiros premiados: