Brasil

Anvisa aprova ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen para 6 meses

Anvisa aprova ampliação do prazo de validade da vacina da Janssen para 6 meses

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade neste sábado (9) a extensão do prazo de validade da vacina contra a Covid-19 da Janssen de 4,5 meses para 6 meses, sob condições de armazenamento de 2°C a 8°C.

A empresa Janssen-Cilag Farmacêutica solicitou a alteração do prazo no dia 15 setembro para a autorização temporária de uso emergencial, em caráter experimental.

Segundo a Anvisa, a aprovação foi baseada “em uma criteriosa avaliação dos dados de qualidade dos estudos que demonstrou que a vacina se manteve estável pelo período (6 meses).”

No Brasil, a vacina da Janssen está autorizada para uso emergencial desde 31 de março deste ano.

O imunizante é o único aprovado pela Anvisa em dose única e, quando armazenado entre temperaturas de -25°C e -15°C, possui prazo de validade de 24 meses, a partir da data de fabricação.

Janssen fora da vacinação em 2022

Na apresentação do plano de vacinação contra a Covid para o ano que vem, na sexta-feira (8), o Ministério da Saúde informou que a CoronaVac e a vacina da Janssen não estão no cronograma porque ainda não têm o registro definitivo no Brasil.

A proposta prevê as vacinas que já possuem esse registro, que hoje são as da AstraZeneca e as da Pfizer.