Vida

Touro é cruelmente esfaqueado diversas vezes por toureiro na Espanha

Foto: PETA UK
Foto: PETA UK

Um vídeo brutal que mostra um toureiro esfaqueando repetidamente um touro na cabeça, gerou revolta e indignação nas redes sociais. As imagens fortes foram divulgadas pela PETA com o objetivo de expor e conscientizar o público sobre os horrores das touradas, um “espetáculo” de sangue, tortura e sofrimento.

O clipe mostra um toureiro enfiando uma faca no crânio do animal, que pode ser visto já ferido no chão em Bilbao, norte da Espanha.

Pode-se ver o sangue escorrendo de sua cabeça enquanto o toureiro apunhala o animal indefeso várias vezes durante um evento em setembro passado.

O grupo que atua em prol dos direitos animais, PETA, divulgou o vídeo esta semana ao lançar uma petição pedindo a proibição do “esporte” sádico e sangrento.

Os ativistas escreveram ao primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez – que foi reeleito em uma eleição geral na semana passada – pedindo-lhe para intervir e proibir as touradas.

Um porta-voz do grupo disse: “Todos os anos, milhares de touros sofrem uma morte sangrenta em touradas por toda a Espanha”.

“Essas mortes são lentas e dolorosas: homens a cavalo e a pé dirigem lanças afiadas de metal e madeira para os flancos de touros e em seguida esfaqueiam os animais atormentados cruelmente com uma espada ou punhal”.

Foto: PETA UK
Foto: PETA UK

“Na corrida anual dos touros em Pamplona, os animais aterrorizados levam choques elétricos para forçá-los a sair para as ruas, onde são assediados por multidões ferozes e gritantes”.

Os animais em pânico frequentemente escorregam e batem nas paredes – desespero que resulta em ossos quebrados e outros ferimentos. Mais tarde, esses mesmos touros serão mortos de forma bárbara na praça de touros – fato que muitos turistas desconhecem.

“As pessoas compassivas entendem que essa violência é desnecessária e injustificável, e a oposição às touradas está crescendo tanto na Espanha quanto no mundo”.

“É hora do governo espanhol intensificar sua autoridade e proteger os animais”.

Até agora, mais de 100 cidades em toda a Espanha já proibiram as touradas e, em julho de 2010, a região autônoma da Catalunha votou pelo fim da prática cruel.

Foto: PETA UK
Foto: PETA UK

De acordo com uma pesquisa da Ipsos MORI, mais de 80% dos espanhóis se opõem ao evento bárbaro, uma vez que a participação em muitas cidades diminuiu nos últimos anos.

A carta da PETA a Pedro Sanchez descreveu como os animais morrem “lenta e dolorosamente” durante uma tourada.

O texto do documento diz: “As touradas são eventos imensamente cruéis, nos quais milhares de animais são mortos lenta e dolorosamente em toda a Espanha todos os anos”.

“Toureiros ferem os animais no pescoço e nas costas, e depois que os touros foram torturados por um tempo e ficam enfraquecidos pela perda de sangue, um matador finalmente tira-lhes a vida com uma espada”.

“Esses animais também são explorados e sofrem horrores nas corridas de touros, onde são forçados a correr pelas ruas enquanto são assediados por uma multidão ávida e descontrolada”.

“Os animais entram em pânico, acabam se desequilibrando, caindo, se jogando contra paredes e plateia, quebrando ossos e se machucando”.

“Por favor, pedimos que ouça as vozes do povo espanhol e do mundo inteiro e proíba as touradas e corridas de touros com urgência”.

Foto: Tras Los Muros
Foto: Tras Los Muros