Vida

Moradores ajudam baleia presa em equipamentos de pesca fantasma

Moradores ajudam baleia presa em equipamentos de pesca fantasma

Cerca de 100 mil animais marinhos são vítimas dessas ferramentas anualmente

Nicole Drayton

Os equipamentos de pesca fantasma, aqueles que são abandonados por pescadores em rios e oceanos, transformam-se em armadilhas mortais para milhares de animais marinhos todos os anos. Cerca de 650 mil toneladas desse tipo de equipamento são despejadas nos oceanos anualmente e cada um deles pode matar de 30 a 40 animais. Ao todo, cerca de 100 mil animais são vítimas neste mesmo período de tempo e um deles pode ter sido a baleia que encalhou recentemente na praia La Lune, de Trinidad, no Caribe.

As marcas no corpo da baleia indicam que ela foi pega por uma rede e bateu contra as rochas. Moradores locais perceberam a situação e se empenharam em deixar o animal confortável até que ele fosse devolvido ao oceano. Em busca de ajuda, os moradores contataram Eric Lewis, curador do Museu Moruga. Juntos, passaram horas cortando a rede e usando a água do oceano para molhar a baleia.

“Com muita colaboração, conseguimos virar a baleia e devolvê-la ao oceano, também tivemos apoio policial, mas essa não é a primeira vez que uma baleia encalha aqui”, contou Lewis ao site One Green Planet (12). Para ele, além das armadilhas, as águas turvas da região não são favoráveis aos animais e muitos acabam encalhando nas pedras.

Uma petição foi elaborada em defesa dos animais e contra a pesca fantasma, solicitando a regulamentação desses equipamentos. A petição pode ser assinada AQUI.