Vida

Greta Thunberg acusa os líderes mundiais de omissão em discurso da ONU

Foto: Plant Based News/Reprodução
Foto: Plant Based News/Reprodução

A adolescente disse que sua geração “nunca perdoará” os líderes mundiais se eles “optarem por falhar com a juventude”.

A ativista climática, Greta Thunberg, criticou os líderes mundiais por sua falta de iniciativa para enfrentar a crise climática.

Falando na Cúpula de Ação Climática das Nações Unidas em Nova York, a jovem de 16 anos acusou os líderes globais de “roubar seus sonhos e sua infância com suas palavras vazias”.

“Infância roubada”

“Está tudo errado. Eu não deveria estar aqui em cima. Eu deveria estar de volta à escola do outro lado do oceano. No entanto, todos vocês olham para nós jovens como a esperança do futuro. Como vocês ousam”, disse ela.

“Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias. E ainda assim eu sou um dos sortudos da história. As pessoas estão sofrendo. As pessoas estão morrendo. Ecossistemas inteiros estão entrando em colapso. Estamos no início de uma extinção em massa, e tudo o que vocês falam é sobre dinheiro e o conto de fadas do eterno crescimento econômico”.

“Por mais de 30 anos, a ciência tem sido clara o suficiente. Como vocês ousam continuar a desviar o olhar e vir aqui dizendo que estão fazendo o suficiente, quando as políticas e soluções necessárias ainda não estão sequer à vista no horizonte”.

“Vocês todos dizem que nos ouvem e entendem a urgência da situação. Mas não importa o quão triste e zangada eu esteja, não quero acreditar nisso. Porque se vocês realmente entenderam a situação em que o planeta chegou e ainda não conseguiram agir, isso significaria que vocês seriam realmente maus. E eu me recuso a acreditar nisso”.