Vida

Gatinha persa explorada por criador redescobre o amor e a felicidade

Gatinha persa explorada por criador redescobre o amor e a felicidade
Reprodução | Instagram

A criação de animais chamados de raça pura (pedigree) ainda é um tema que divide muitas opiniões. Tanto pessoas mais leigas como profissionais defensores dos direitos animais defendem sua posição e atestam os problemas que determinadas raças enfrentam em razão da futilidade e egoísmo humanos.

Os cachorros da raça pug são um exemplo bastante levantado, pois apesar de fofos, esses animais sofrem com problemas respiratórios, estomacais, ósseos, além de terem que lidar com o ressecamento ocular e terem muitas alergias e doenças devido às dobras de sua pele.

A indústria de filhotes de raça não para de fazer novas vítimas. Moet é uma gatinha da raça persa que infelizmente veio de um criador irresponsável, que só via os animais como uma fonte de renda, e não se preocupava com a saúde desses seres indefesos e inocentes.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Sua história começa quando a gatinha foi levando para um lugar de nome The Pet Shop, onde era deixada frequentemente com fome e sede, em uma gaiola suja, em condições precárias. Devido a complicações decorrentes das más condições em que vivia, ela foi ficando cada vez mais doente, e eventualmente veio a ficar cega.

Segundo informações do Daily Mail, o sofrimento do animal não foi indiferente para protetores de animais e ela foi resgatada por uma entidade de proteção animal em Oman, onde ela fez uma cirurgia para retirar os olhinhos e teve acesso a todos os tratamentos que precisava.

Por meio dessa entidade de proteção, que a sua nova tutora, Emily, conheceu a gatinha e resolveu adotá-la. Moet mora com sua guardiã em Nottingham, na Inglaterra, e vive uma vida muito feliz.

Sua fama começou quando a tutora passou a postar suas fotos no Instagram e logo percebeu que a gatinha havia se tornado muito querida e admirada pelos seus seguidores.

Rapidamente Moet se tornou uma sensação nas redes sociais e Emily criou uma lojinha online com itens que homenageiam a gatinha, e que tem 100% dos lucros revertidos para uma instituição de proteção animal.

A história da gatinha mostra como um pequeno “defeito” pode se tornar uma característica única e que a torna ainda mais bonita e especial. No instagram os comentários são muito lindos e vemos que Moet é realmente muito amada pelas pessoas.

Emily fala que seu desejo é que mais pessoas conheçam a história da gatinha, para que ela tenha mais apoio na lojinha e consiga ajudar financeiramente as instituições e que cada vez mais animais possam ser resgatados e tratados, para terem uma vida feliz e saudável.