Vida

Filhote de macaco é encontrado agarrado à mãe em meio a queimadas na Amazônia

Filhote de macaco é encontrado agarrado à mãe em meio a queimadas na Amazônia
Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

As queimadas na Amazônia têm vitimado inúmeros animais, muitos deles resgatados por equipes que lutam para salvar suas vidas. É o caso de um filhote de macaco encontrado abraçado à sua mãe, que também o segurou com força, tentando protegê-lo.

A suspeita dos veterinários que atenderam a mãe e o bebê é de que eles tenham sido atropelados enquanto fugiam de queimadas na Amazônia. Após atendimento médico, a fêmea adulta foi diagnosticada com lesão cerebral.

Apesar dos ferimentos que sofreu, a mãe está se recuperando. O filhote, no entanto, não resistiu e morreu. Eles foram dois dos muitos animais resgatados na Amazônia em meio aos incêndios.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

No dia 11 de agosto, um tamanduá foi salvo por um membro da brigada de incêndio do Ibama. Cleio Junior encontrou o animal perto de Apuí. Apesar dos cuidados que recebeu, o tamanduá não resistiu. “Sinto uma enorme crueldade. O ser humano deveria ter mais consciência e se colocar no lugar dos animais”, afirmou Junior ao R7.

Em Porto Velho (RO), outro tamanduá foi resgatado – este, no entanto, teve mais sorte e sobreviveu. Após fugir do fogo, ele foi parar na garagem de uma casa. Desde então, está sendo tratado pelo veterinário da Polícia Ambiental, Marcelo Andreani, de 40 anos, que está cuidando do animal em sua própria residência desde o dia 19 de agosto.

Em julho, a Amazônia registrou um aumento de 28% nas queimadas em relação ao mesmo mês do ano anterior. Em meio ao crescimento alarmante dos focos de incêndio, voluntários, veterinários, agentes do Ibama e militares tentam salvar a vida dos animais e minimizar os danos à floresta.

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

compartilhar

Share
Share