Vida

Cachorros que eram mantidos presos em gaiolas são resgatados em SP

Cachorros que eram mantidos presos em gaiolas são resgatados em SP

Os animais foram resgatados por uma ONG. Um deles, no entanto, não resistiu aos maus-tratos e morreu

Trinta cachorros das raças pit bull e um golden retriever foram resgatados na alameda dos Tupiniquins, no Planalto Paulista, na Zona Sul de São Paulo, após sofrerem maus-tratos.

Reprodução/Pixabay/Cseszka/Imagem Ilustrativa

O lugar onde os cães eram mantidos é um criadouro. O dono do local morreu há 30 dias e, desde então, os animais estavam sob a responsabilidade da irmã do homem, que alegou não ter dado a eles os cuidados necessários por serem animais bravos.

Um dos pit bulls resgatados estava em condição tão deplorável que morreu no sábado (22). Parte dos sobreviventes serão levados para um local em Peruíbe, outros para Bauru. O golden retriever permanecerá em São Paulo.

Os cães eram mantidos em cinco gaiolas pela irmã do antigo tutor dos cães. Ela procurou a ONG Projeto Vida Pit&Bulls para que os cães fossem resgatados.