Vida

Cachorro que teve patas decepadas ganha cadeira de rodas para voltar a andar

Cachorro que teve patas decepadas ganha cadeira de rodas para voltar a andar
Reprodução/Instagram/@todospor.sansao

Após ser vítima de uma violência brutal, Sansão, de 2 anos, terá uma nova chance. Isso porque uma doadora ofereceu ao cão uma cadeira-de-rodas para que ele volte a andar. Outras pessoas também se prontificaram a doar próteses ao animal.

O pit bull teve suas patas traseiras decepadas e foi amordaçado com arame farpado em Confins (MG). Dois homens são investigados pelo crime. Atualmente, Sansão está internado na clínica-escola da Faculdade Arnaldo, no bairro Olhos D’Água, em Belo Horizonte.

Apesar dos ferimentos graves que sofreu, o animal se recupera bem. “Ele é forte e está tomando suplemento para anemia. Foi uma monstruosidade o que fizeram com ele. Se tivesse sido outro animal, talvez não sobrevivesse”, declarou ao G1 a veterinária Ticiana Lima Dornas.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Foto: Júlia Mara Santiago/Arquivo pessoal

O cão teve que ser submetido a uma transfusão sanguínea de emergência. “As patas estão muito inchadas. Ele está sendo medicado com antibiótico e, principalmente, analgésico para aliviar a dor”, disse a profissional.

Como os hematomas estão grandes e os pontos da cirurgia precisam ser observados, o cachorro permanecerá internado por pelo menos uma semana.

A SOS Peludinhos Confins, entidade de proteção animal, organizou uma manifestação em prol de Sansão para pedir justiça e exigir punições mais rígidas contra crimes de maus-tratos a animais. Atualmente, esses crimes costumam ficar praticamente impunes. Apesar de serem punidos quando levados à Justiça, as penalidades são brandas, como prestação de serviços à comunidade e multa.

O protesto será realizado no próximo sábado (11), às 14 horas, através de um buzinaço em frente à empresa onde o crime aconteceu, no km 11 da rodovia MG-424, Norte, em Confins.

Divulgação

Um abaixo-assinado foi feito para exigir justiça para o crime cometido contra Sansão e pedir punição mais rigorosa contra maus-tratos a animais.

“Isso foi um ato monstruoso com uma criatura que não tinha a menor chance de se defender”, diz a petição, criada pelo deputado federal Fred Costa (PATRIOTA), que pede no texto a aprovação de um projeto de lei de sua autoria que visa punir maus-tratos a animais de maneira mais rigorosa.

“Se você é a favor da aprovação do Projeto de Lei Nº 1095/19, de autoria do deputado federal Fred Costa, que estabelece prisão de dois a cinco anos para quem cometer crimes de maus-tratos contra os animais, assine essa petição. O PL 1095/19 já foi aprovado na Câmara pelos deputados federais, e agora aguarda a aprovação no Senado. Vamos deixar a nossa mensagem bem clara para os senadores que queremos o fim da impunidade para a prática desse tipo de barbaridade contra os animais”, afirma.

Até o fechamento desta reportagem, o abaixo-assinado já contava com mais de 214 mil adesões. Para assinar, clique aqui.