Tecnologia

O que fazer quando encontrar um animal na areia da praia?

O que fazer quando encontrar um animal na areia da praia?

O vídeo de dois banhistas arrastando um tubarão ainda vivo pela areia da praia circulou pelas redes sociais na quarta-feira (19). O animal foi encontrado em Guaratuba, litoral do Paraná, e acabou morrendo após ser afastado da beira da água.

"O que essas pessoas fizeram foi errado e perigoso. O ideal é chamar uma entidade que atue na área e comunicar o ocorrido", diz oceanógrafo Hugo Gallo, diretor executivo do Aquário de Ubatuba e presidente do Instituto Argonauta.

O oceanógrafo explica que nem sempre o animal encontrado na areia da praia está mal de saúde e irá morrer.

"Pelas imagens, é um tubarão-azul que pode ter sido vítima de alguma pescaria. Ele devia estar fraco e debilitado, mas eu teria dado uma segunda chance e devolvido ao mar", afirma.

As organizões que atuam no monitoramento do litoral têm equipes habilitadas para dar o apoio nessário em cada situação. O Projeto de Monitoramento de Praias (PMP), por exemplo, atua na costa brasileira desde Santa Catarina até o Rio de Janeiro.

Em 2000, uma baleia-jubarte que ficou encalhada em Ubatuba, em São Paulo, foi devolvida ao mar e 10 anos depois foi vista no arquipélogo de Abrólios, na Bahia, saudável e se reproduzindo.

As aves são os animais mais resgatados nessas áreas, seguidas de mamíferos como golfinho e em terceiro lugar aparecem as tartarugas no ranking de mais regastados pelo PMP.

Só no litoral norte de São Paulo, mais de 7.800 animais foram resgatados de 2015 até janeiro deste ano. Para comunicar o PMP sobre um animal encontrado ligue: 0800-642334.

Veja também:

Ratos fazem serenata para conquistar parceira, diz estudo