Política

Por não seguir a OMS | PT denuncia Bolsonaro à Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Por não seguir a OMS | PT denuncia Bolsonaro à Comissão Interamericana de Direitos Humanos

O PT apresentou uma denúncia contra o presidente (sem partido) à CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos), órgão vinculado à OEA (Organização dos Estados Americanos) por conduta "irresponsável" e "criminosa" no enfrentamento à pandemia do coronavírus.

O documento, assinado pelo líder do partido na Câmara, Enio Verri (PT-PR), e pelo deputado Paulo Pimenta (PT-RS), foi enviado ontem ao secretário-executivo da CIDH, Paulo Abrão. Procurado pelo UOL, o Palácio do Planalto disse que não comentará o caso.

Os deputados acusam Bolsonaro de desrespeitar as diretrizes da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do próprio Ministério da Saúde para o combate à pandemia e solicitam uma posição da Comissão.

"Nesse momento de fragilidade e crise política, institucional e sanitária, consideramos que uma declaração de apoio da Comissão Interamericana de Direitos Humanos seria relevante", afirmam.

Na denúncia, os petistas afirmam que Bolsonaro adota "conduta criminosa que expõe a danos graves a integridade física e mental da população brasileira".

O presidente tem criticado publicamente governadores e prefeitos que adotaram medidas de isolamento e fechamento de empresas. Além disso, Bolsonaro defende que parte da população retorne ao trabalho e apenas pessoas no grupo de risco permaneçam em quarentena.

"De modo diverso, na contramão das orientações das autoridades de saúde e da comunidade científica, o Presidente da República e alguns de seus acólitos, com o apoio e/ou pressão de empresários e investidores inescrupulosos, vêm travando uma verdadeira guerra na tentativa de frustrar ou sabotar todos os esforços em prol da saúde e da vida de milhares de brasileiros", escreveram os deputados.