Política

Haddad desmente Bolsonaro e diz que Lula recusou convite da OCDE

Haddad desmente Bolsonaro e diz que Lula recusou convite da OCDE

O ex-ministro Fernando Haddad, candidato à presidência pelo PT nas eleições de 2018, comentou nesta quinta-feira (10) as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre a relação entre o Brasil e a OCDE. Segundo Haddad, o país já foi várias vezes convidado para entrar na organização no governo Lula, mas sempre recusou.

“Ao contrário do que diz Bolsonaro, o Brasil, durante o governo Lula, foi várias vezes sondado pelo secretário-geral da OCDE para integrá-la, mas nunca quis perder, como aliás nenhum dos BRICS, o grau de liberdade política (policy space) que países em desenvolvimento detêm”, publicou o petista em suas redes.

Durante live presidencial, Bolsonaro afirmou que Lula e Dilma nunca conseguiriam entrar na organização. “O Brasil tentou em 2017. Não é entrar de hoje pra amanhã, leva mais de ano essa entrada. E não deu certo, era o presidente Temer e o Brasil começou a ter problemas e isso foi esfriado. Agora no governo do PT nem tentaram, não iam conseguir, né, não iam conseguir de jeito nenhum”, afirmou o presidente.

A OCDE virou assunto do momento após os Estados Unidos recuarem no apoio ao ingresso do Brasil na entidade. Segundo Trump e Bolsonaro, isso é “fake news”, mas o país ficou para depois da Argentina. “Estava a Argentina, a Romênia na frente. Nós não queremos torcer pra que ninguém fique pra trás. […] A 1ª vez que estive com Trump, eu pedi pra ele esse apoio. Ele imediatamente nos deu. Agora, não depende só dele”, disse ainda durante a live.