Política

ESTÁ MULTANDO OU NÃO? Superintendente do DNIT diz que radares da grande João Pessoa não tem definido prazo para começar a multar condutores acima da velocidade

ESTÁ MULTANDO OU NÃO? Superintendente do DNIT diz que radares da grande João Pessoa não tem definido prazo para começar a multar condutores acima da velocidade

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rainer Rembrandt, disse nesta terça-feira, 16, que ainda não há definição de quantos radares serão instalados nas rodovias federais que cortam a Paraíba. Em entrevista, Rainer disse que a redefinição de trechos que serão monitorados em todo o Brasil passou por “um acordo feito juntamente com o Ministério Público Federal, por uma determinação da Justiça, o DNIT e o ministério da Infraestrutura, aqui na Paraíba estamos aguardando a localização onde os equipamentos serão instalados”, disse.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirmou que o governo vai instalar mil radares para controle de velocidade nas rodovias administradas pela União. De acordo com o ministro, o acordo firmado reduz de 8 mil para 2,2 mil o número de pontos a ser monitorados, gerando economia de cerca de R$ 600 milhões em relação ao contrato assinado durante a gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Rainer Rembrandt disse que ainda não há previsão para o início do funcionamento dos novos radares e o número de equipamentos que serão instalados nas BRs que cortam a Paraíba. Ele seguiu dizendo que os radares instalados recentemente na Paraíba “foram instalados por força do contrato que estava em andamento, mas não estão autuando, só irão autuar após essa determinação do DNIT sede, em Brasília, todos os que foram instalados antes do pronunciamento presidencial e já estavam em funcionamento, continuam multando”, disse.

“Toda essa situação diz respeito aos novos radares ou àqueles que ainda ia ser instalados”, afirmou deixando claro que os radares instalados recentemente na grande João Pessoa não estão multando os condutores que ultrapassam o limite de velocidade.

Questionado sobre a declaração do presidente Jair Bolsonaro (PSL) acerca da retirada dos radares, Rembrandt disse que “os dados técnicos mostram a necessidade de ter radares, serão instalados em pontos mais críticos, onde eles são comprovadamente necessários, inclusive me pontos urbanos, como aqui na grande João Pessoa”, finalizou o Superintendente.

Fonte: Polêmica Paraíba

Créditos: Polêmica Paraíba