Política

'ESTÁ ATINGINDO TODAS AS UNIVERSIDADES': Reitora diz que MEC impediu nomeação de sete professores da UFPB e centenas de servidores da UFCG

'ESTÁ ATINGINDO TODAS AS UNIVERSIDADES': Reitora diz que MEC impediu nomeação de sete professores da UFPB e centenas de servidores da UFCG

A reitora da Universidade Federal da Paraíba, Margareth Diniz, disse na tarde desta sexta-feira, 17, que o Ofício-Circular do Ministério da Educação, que proíbe as instituições federais de nomearem os candidatos aprovados em concurso público até autorização futura, “está prejudicando as instituições de todo o país e também aqui na Paraíba”, disse.

Em entrevista ao Polêmica Paraíba, a reitora disse que o documento determina que os gestores “esperem a promulgação da LOA (Lei orçamentária Anual) e em seguida o decreto autorizando as nomeações e determinando quantos professores e servidores técnico-administrativos que cada universidade poderá nomear”.

Ela disse ainda que existe o risco do governo autorizar a contratação de servidores abaixo do número previsto em edital e da necessidade da instituição. A reitora destacou que a UFPB nomeou, empossou e recepcionou os servidores em dezembro e agora aguarda a definição do governo para nomear sete professores, que tiveram os atos invalidados pelo documento do MEC.

Sobre outras entidades com situação indefinida, Margareth Diniz afirmou que “a UFCG está numa situação bem complicada, fizeram concurso, homologaram, convocaram os servidores e não podem nomear agora”, finalizou.

Veja o Ofício-Circular enviados às instituições no início deste mês: