Política

Arthur Bolinha fica no PSL, mas pode sair 'se partido fizer oposição a Bolsonaro'

Arthur Bolinha fica no PSL, mas pode sair 'se partido fizer oposição a Bolsonaro'

O pré-candidato à Prefeitura de Campina Grande, Arthur Bolinha, minimizou nesta segunda-feira (18) a saída do presidente Jair Bolsonaro do PSL. Segundo ele, a legenda continuará a apoiar as pautas governistas no Congresso Nacional. Bolinha informou, no entanto, que pode deixar o partido caso a legenda passe a fazer oposição a Bolsonaro em Brasília.

Em entrevista ao Polêmica Paraíba, Bolinha reconheceu que a saída de Bolsonaro representa uma perda ‘muito grande’ para o PSL, mas vê com ‘preocupação’ a decisão de Bolsonaro de criar uma nova legenda. “O presidente corre um sério risco de seu novo partido ficar sem ter como disputar as eleições de 2020, já que pode ser criado a tempo. Agora, minha posição, a rigor, é de permanecer no PSL, pois é o partido que vem votando com o governo, mas se fizer oposição ao governo eu sou o primeiro a sair. Lamento a saída do presidente do PSL, pois foi uma perda de muito grande”, opinou.

Bolsonaro em Campina Grande

Arthur Bolinha justificou que estava viajando quando Bolsonaro esteve em Campina Grande para inaugurar o complexo habitacional Aluísio Campos. Ele minimizou os elogios do presidente ao ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e ao prefeito Romero Rodrigues (PSD) e acrescentou que eles não têm ‘o perfil’ de Bolsonaro. “Ele estava entregando obra em parceria com o governo municipal. Ele age dessa forma até como forma de política de boa vizinhança, mas não acho que o perfil que Bolsonaro tem na política tenha sintonia com o que Cássio e Romero faz”, disse.

Segundo Bolinha, “o presidente Bolsonaro não vai se sentir à vontade em fazer campanha no mesmo palanque de um grupo envolvido na Operação Famintos”, que investiga um suposto esquema criminoso na gerência da merenda escolar de Campina Grande.  “O que aconteceu foi mais uma questão circunstancial do que comungar do mesmo pensamento dessas pessoas”, considerou Bolinha.

Pré-candidatura

O PSL oficializou, no último dia 01 de novembro, a filiação de Arthur Bolinha ao partido. O evento, realizado em Campina Grande, também marcou o lançamento da pré-candidatura do empresário à Prefeitura Municipal de Campina Grande. O ato contou com a participação do presidente da legenda e deputado federal, Julian Lemos, e de correlegionários e lideranças da cidade.