Política

Após museu, restaurante tradicional de Nova Iorque se nega a receber homenagem a Bolsonaro

Após museu, restaurante tradicional de Nova Iorque se nega a receber homenagem a Bolsonaro

A imagem de Jair Bolsonaro não está desgastada apenas no Brasil, o que mostram as últimas pesquisas. Depois que o Museu de História Natural de Nova Iorque se recusou a receber o evento que pretende homenagear o presidente, agora foi a vez de um restaurante de luxo.

O evento “Homem do Ano”, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, continua sem local definido, pois a segunda opção consultada, o tradicional restaurante de luxo chamado Cipriani, já considerado um dos cinco melhores de Nova Iorque, também se recusou a sediar o jantar em homenagem a Bolsonaro.

Nesta terça-feira (16), o prefeito nova-iorquino, Bill de Blasio, voltou a criticar o militar reformado. Pelo Twitter, ele agradeceu ao Museu de História Natural da cidade por ter cancelado o evento.

Perigoso

“Jair Bolsonaro é um homem perigoso. Seu racismo evidente, homofobia e decisões destrutivas terão impacto devastador no futuro do nosso planeta. Em nome de nossa cidade, agradeço ao Museu de História Natural por cancelar este evento”, escreveu Blasio.

Fonte: Revista Fórum

Créditos: Redação Revista Fórum