País

Uma das principais marcas de bolsas do mundo abandona o uso de couro por razões éticas

Uma grande designer de bolsas baseada no Reino Unido abandonou o uso de couro  substituindo-o pelo Pinatex vegano (couro feito de abacaxi).

A Original Satchel Store diz que não fará mais bolsas e acessórios com peles de animais, em uma tentativa de ser mais sustentável e ecológica, além de se tornar um empresa livre de crueldade.

Além disso, a companhia – que afirma ainda usar as mesmas técnicas de produção e manter a mesma qualidade – viu uma demanda crescente por bolsas que não envolvem a morte de animais.

“Trabalhando com a natureza”

“Queremos ser conhecidos por trabalhar com a natureza, não contra ela e estamos muito satisfeitos por ter adquirido um produto totalmente natural chamado Pinatex, que podemos oferecer aos clientes com a consciência limpa tanto para nós quanto para eles. É a atitude certa a ser tomada”, disse Steve Greenhalgh, diretor da Original Satchel Store ao Plant Based News.

“Existe uma alternativa que permite que os clientes estejam na vanguarda da moda sem que isso custe a exaustão da terra ou suscite sérios dilemas éticos. Passamos o último ano, mais ou menos, procurando alternativas ao couro, incluindo couro alternativo`soft` e couro artificial, nenhum dos quais era aceitável, até encontrarmos o Pinatex, um material feito de folhas de abacaxi que realmente atendia todas as nossas necessidades”.

“Como a escolha era continuar usando peles de animais ou encontrar uma alternativa que nos desse os mesmos produtos de alta qualidade sem o conflito ético, decidimos seguir a alternativa vegana. Não apenas a produção de couro causa crueldade com os animais, mas também as pessoas”.