País

'Príncipe' brasileiro desmente acusações: 'Nem sei onde é que faz suruba gay'

'Príncipe' brasileiro desmente acusações: 'Nem sei onde é que faz suruba gay'

Um áudio do deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-RJ) no qual ele comenta a revelação feita por Alexandre Frota (PSL-SP) foi enviado para um grupo de ativistas. O conteúdo conteria os motivos que levaram Bolsonaro a vetar o ” príncipe ” a ser vice presidente em suas eleições.

“Eu não sou gay . Nem sei onde é que faz suruba gay. Talvez isso até me ganhe vários pontos aí com a comunidade LGBT”, disse rindo o deputado. A mensagem foi enviada após a publicação da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, sobre a saída de Jair Bolsonaro do PSL .

O presidente afirmou que deveria ter escolhido Orleans e Bragança e não o general Mourão como seu vice. De acordo com informações apuradas pela colunista, o ” príncipe ” disse que Bolsonaro explicou que o convite não aconteceu porque recebeu dossiês de Gustavo Bebianno, que coordenava na altura a campanha do presidente.

No áudio, o deputado também alfinetou a colunista, dizendo que ela está querendo criar situações inexistentes. “Então a Mônica obviamente que está querendo criar uma divisão aí que não existe. Tá? O Mourão tá muito bem com o Jair e eu estou muito bem com o Mourão e com o Jair. Não tem divisão nenhuma aí”, esclareceu por meio do áudio.

Em sua defesa, a colunista disse que confirmou o teor das informações com o próprio príncipe.

Leia a transcrição do áudio

Bom dia, amigos. Eu queria esclarecer algumas coisas que estão circulando com relação a essa Mônica Bergamo aí.

A reunião lá com o presidente de formação do partido, da Aliança, ela foi muito boa.

Ele só reconheceu publicamente que ele falou alguma coisa que o Bebianno tava, armou para cima de mim, montou um monte de dossiê lá contra mim. E que ele baseado nisso tomou a decisão. Falou ‘não, é Mourão’. Mas deveria ter sido eu porque em função desses dossiês que ele tomou a decisão.

Ele não falou assim “ah, o Mourão é uma porcaria”, ou “que pena que não foi você, é esse Mourão”. Ele nunca falou nesse contexto. Então a Mônica obviamente que está querendo criar uma divisão aí que não existe. Tá? O Mourão tá muito bem com o Jair e eu estou muito bem com o Mourão e com o Jair.

Não tem divisão nenhuma aí.

Com relação ao Frota, falando de fotos e o cacete a quatro. Parece que fazia parte aí desse dossiê do Bebianno que tinha fotos minhas fazendo sei lá o que de suruba gay com não sei o que.

Ou de uma outra denúncia também fake que era, que eu batia em mendigo, alguma coisa assim.

Então, ou seja, não tem notícia nenhuma, não tem como me pegar. E inventam coisas, né?

Então eu não sou gay nem sei onde é que faz suruba gay (rindo). Mas, enfim, talvez isso até me ganhe vários pontos aí com a comunidade LGBT (risos).

De qualquer maneira, é disso que o louco lá do Frota tá se referindo. Enfim. Só deixando isso claro para o grupo. E talvez nas redes aí afete aí alguma coisa. Mas eu vou ter que escrever alguma coisa. Porque esses idiotas ficam escrevendo essas babaquices. Mas, enfim, só queria posicionar isso aí com relação à criação partido internamente e com essas fake news aí do Frota. Um bom dia pra vocês todos e estou disponível. Um abraço.