País

Polícia britânica desmantela plataforma usada por organizações criminosas

Polícia britânica desmantela plataforma usada por organizações criminosas

Nesta quinta-feira (2), a polícia britânica revelou que realizou uma das maiores operações até então. Além de mais de 700 prisões, as abordagens feitas foram responsáveis por desmantelar esquemas de tráfico de drogas, assassinatos, lavagem de dinheiro e sequestro.

A operação foi possível graças a quebra da criptografia de uma rede mundial de comunicação, conhecida como EncroChat, usada por criminosos para coordenar suas atividades. O serviço prometia mensagens instantâneas seguras para que qualquer tipo de assunto pudesse ser tratado.

De acordo com a Agência Nacional de Crimes (NCA), por conta das prisões, mais de "200 ameaças à vida" foram mitigadas. "Juntos, protegemos o público prendendo criminosos de nível intermediário e chefões, os chamados 'intocáveis icônicos', que evitam a aplicação da lei há anos, e agora temos evidências para processá-los", disse Nikki Holland, diretor de investigações da NCA.

Segundo a agência, os trabalhos para quebrar a criptografia do EncroChat e desmantelar os esquemas criminosos são realizados desde 2016. Na mesmo época, parceiros internacionais começaram a colaborar com as investigações.

Há dois meses, investigadores franceses e holandeses conseguiram se infiltrar na plataforma, que tinha 60 mil usuários em todo o mundo e cerca de dez mil no Reino Unido. Com a entrada dos agentes, foi possível monitorar as mensagens trocadas e os movimentos dos criminosos.

Em 13 de junho, o EncroChat aconselhou que todos os usuários da plataforma jogasses seus celulares fora. Isso porque eles descobriram que foram comprometidos. Desde então, o serviço encontra-se desativado.

No entanto, a polícia ainda conseguiu fazer 746 prisões, apreender US$ 67 milhões e 77 armas de fogo, além de duas toneladas de droga. A NCA acrescenta que redes inteiras foram desmanteladas com a operação que se tornou a mais significativa do tipo.

Via: Reuters