País

PicPay testa pagamento com reconhecimento facial no Brasil

PicPay testa pagamento com reconhecimento facial no Brasil

O PicPay quer inovar na forma de realizar pagamentos no Brasil. O aplicativo está testando pagamento com reconhecimento facial, os testes já estão sendo realizados na nova sede do Banco Original, controlador do PicPay.

O app popularizou o uso de QR Code em transações financeiras em 2012, e agora quer liderar uma nova mudança nos pagamentos digitais. Com a reabertura gradual do comércio, o objetivo é expandir o processo para todos os consumidores e estabelecimentos interessados.

Somente no mês de abril, o PicPay ganhou 3 milhões de novas contas, atingindo a marca de 20 milhões de clientes. Isso está relacionado ao período de isolamento social, a empresa acredita que a pandemia do novo coronavírus mudou a forma com que os clientes optam por realizar pagamentos, priorizando métodos que evitem o contato direto com as superfícies.

Reprodução

Foto: Linx/Divulgação

Com o pagamento via reconhecimento facial, a empresa espera impulsionar um novo movimento de transformação digital pós-pandemia. A tecnologia é capaz de reconhecer o consumidor mesmo com a máscara de proteção facial. A aposta da PicPay é que em alguns anos esse método de pagamento seja "o novo QR Code", assim como na China, onde a tecnologia já é comum.

O processo de pagamento dura, em média, 30 segundos. Após fazer o pedido a um atendente, por exemplo, o usuário precisa se posicionar em frente a um tablet para que tenha seu rosto validado.

Com a confirmação da identidade, o atendente libera a cobrança e o cliente recebe uma notificação no aplicativo do PicPay. Após a confirmação da compra, a operação é finalizada e o valor é debitado na conta.

Via: Exame