País

Parada do Orgulho LGBT terá 19 trios e shows de Mel C, Iza, Karol Conká e Gloria Groove

Parada do Orgulho LGBT terá 19 trios e shows de Mel C, Iza, Karol Conká e Gloria Groove

A 23ª edição da Parada LGBT+acontece neste domingo (23) na Avenida Paulista, no Centro da cidade de São Paulo. A festa contará com 19 trios elétricos com apresentações musicais, como a ex-Spice Girl Mel C, e as cantoras Iza, Karol Conká, Alinne Rosa, Luisa Sonza e Gloria Groove.

A expectativa dos organizadores é que o evento reúna três milhões de pessoas ao longo do trajeto que começa na Avenida Paulista e vai até o Vale do Anhangabaú passando pela Rua da Consolação. A madrinha do evento deste ano é Fernanda Lima e a apresentadora oficial será a Drag Queen Tchaka.

O tema deste ano é “50 anos de Stonewall”, um conflito que aconteceu em 1969 em um bar nos Estados Unidos e foi um marco para o ativismo pelos direitos da comunidade LGBT+.

A concentração está marcada para as 10h em frente ao Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o primeiro trio sairá às 12h. A previsão é que o último trio chegue na Rua da Consolação às 18h.

Bloqueios

Avenida Paulista estará bloqueada para carros a partir das 8h e só será liberada após a limpeza da via, no encerramento do evento.

Rua da Consolação ficará bloqueada para carros das 12h às 19h.

Ordem dos trios

Abertura – ONG APOGLBT SP Famílias – ONG APOGLBT SP Centro de Cidadania – Casa Florecer – Prefeitura SP Assembleia Latino Americana de cidades Arco-Íris – Prefeitura SP Transcidadania – Prefeitura SP Secretaria Municipal de Direitos Humanos – Prefeitura SP Secretaria Municipal de Direitos Humanos – Prefeitura SP Saúde- AHF – ONG APOGLBT SP Museu da Diversidade Sexual – ONG APOGLBT SP Trio de Lésbicas / Juventude – ONG APOGLBT SP Trio de Gays – ONG APOGLBT SP Trio de Trans – ONG APOGLBT-SP Trio Amstel – Patrocinador – Atração: Iza Trio Avon – Co-Patrocinador – Atrações: Gloria Groove, Aretuza Love, Luísa Sonza e MC Pocahontas Trio Uber – Patrocinador – Atrações: Karol Conká, Mateus Carrillho, Candy Mel, Mulher Pepita, Lia Clark, Jaloo, Bia Ferreira, Triz, Dudu Bertholini, Dionne Freitas, Cup, Dríade Aguiar, Bruna Linzmeyer, Aline Rosa Trio Uber – Patrocinador Trio Burger King – Patrocinador Master – Atrações: Mel C (ex- Spice Girl), Sink The Pink, Fanthine (ex-Rouge), Lexa, DJ Chris Negrini, As Donas Trio Burger King – Patrocinador Master Trio de Encerramento – ONG APOGLBT SP

Dicas de segurança

Neste ano, a Prefeitura de São Paulo investiu R$ 1,8 milhão em apoio ao evento. Outras empresas também são patrocinadoras. De acordo com a Prefeitura, o efetivo de segurança para o evento será o mesmo do ano passado, com 60 viaturas e 300 homens da GCM, além de 80 bombeiros civis e 540 seguranças privados.

Por ser um evento de multidão, é importante estar atento a algumas dicas de segurança, especialmente para evitar o furto de celular.

Se puder, não leve o celular.

Por mais que comprometa a qualidade das selfies, é preferível deixar o celular mais caro em casa e levar um aparelho antigo ou mais simples, que não desperte a cobiça do ladrão.

Se você só tem o celular caro, o ideal é não levar ou evitar usá-lo em público – mesmo em local aparentemente seguro, como o metrô. Esse tipo de aparelho motiva ladrões em todo lugar.

Cuidado com esbarrões e empurrões. Essa é uma das formas que os ladrões usam para agir.

Evitar ao máximo ficar com o telefone na mão no meio de aglomerações ou em calçadas muito movimentadas. Não deixar o celular no bolso de trás da calça. Aproveite a volta das pochetes ou use uma doleira por dentro da roupa. Também vale um bolso ou bolsa mais seguros, com zíper, por exemplo. Todos sempre virados para a frente.

Os criminosos focam em quem dá bobeira. Então, procure um lugar mais seguro para manusear o celular – encoste numa parede, entre numa loja, numa banca de revista ou pare perto da polícia.

Também preste atenção ao redor, porque as quadrilhas observam a vítima e descobrem, antes do furto, até a senha de desbloqueio do aparelho.

Foi furtado? Veja o que fazer:

Mesmo em casos de furto (quando não há agressão física), faça o boletim de ocorrência o quanto antes. Não deixe para o outro dia.

Algumas delegacias eletrônicas pedem o código IMEI do celular para fazer o B.O online.

O IMEI pode ser consultado pelo usuário na caixa do produto, na nota fiscal, ou diretamente no celular, digitando *#06#. Ele também pode facilitar o bloqueio do celular.

Delegacias virtuais para registro de furto de celular em São Paulo: http://www.ssp.sp.gov.br/nbo/

Fonte: G1

Créditos: G1