País

Pandemia faz São Paulo adiar uma das principais obras da gestão Doria

Pandemia faz São Paulo adiar uma das principais obras da gestão Doria

Maior obra da gestão de João Doria em São Paulo, a licitação para a construção do trecho norte do Rodoanel Mário Covas foi adiada para 2021.

A decisão foi anunciada em reunião recente do Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas e do Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização do governo paulista.

O processo de retomada da obra foi adiado em 2019 para 30 de junho último, quando o empreendimento deveria ser rediscutido. Com a nova realidade imposta pela pandemia, no entanto, o governo achou por bem manter na geladeira o negócio até 31 de dezembro.

“Considerando que o cronograma dos procedimentos de licitação para retomada das obras do Trecho Norte do Rodoanel Mario Covas foi impactado pelas medidas adotadas, no âmbito estadual, para enfrentamento da pandemia da Covid-19, impondo acautelamento procedimental nos trâmites legais das obras e serviços públicos contratados pela administração pública, e que, diante da atual conjuntura e da necessidade de conciliar a homologação do certame da concessão do Lote Rodoanel Norte aos prazos de publicação dos editais para execução das obras remanescentes, atualmente sob responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem – DER, concluiu propondo a extensão do sobrestamento da Concorrência Internacional nº 01/2017 para até a data de 31/12/2020”, registra a ata da reunião.