País

Najila, mulher que acusa Neymar de estupro, é roubada e perde principal prova contra o jogador

Najila, mulher que acusa Neymar de estupro, é roubada e perde principal prova contra o jogador

A modelo Najila Trindade, mulher que acusa o jogador Neymar de estupro, chegou à 6ª Delegacia de Defesa da Mulher para prestar depoimento às 11h53, mais de 50 minutos após a previsão, como já noticiado.

Além dela, uma mulher chamada Rosângela, que trabalha cuidando do filho da suposta vítima, foi ouvida pela Polícia Civil. Najila Trindade entrou na delegacia com o rosto encoberto. Rosângela também estava no carro policial que fez o transporte. Dois policiais acompanhavam as mulheres no banco da frente da viatura. Um deles conduzia o veículo.

De acordo com o Jornal Nacional, a jovem contou que o vídeo completo do segundo encontro dela com Neymar teria sido roubado. O registro, provavelmente o de sete minutos que sua defesa dizia ter, ajudaria a esclarecer o caso e acabar de uma vez com a história toda.

Parte do vídeo já havia sido divulgado nas redes sociais. Nas cenas vazadas, é possível ver Neymar em situação de vítima. Najila, na verdade, aparece brigando com o craque, o agredindo inclusive. Sem o vídeo de sete minutos, que era visto como uma prova robusta do que de fato aconteceu em Paris, sobram os depoimentos dos envolvidos, o vídeo que já foi divulgado e os laudos médicos.

Veja a chamada da notícia no Jornal Nacional:

Mulher que acusa Neymar de estupro presta novo depoimento. Najila de Souza diz que o tablet com o vídeo completo do segundo encontro dela com o jogador foi roubado. Veja, às 20h30, no #JN. pic.twitter.com/iQ88M0QqX7

No vídeo que acabou sendo divulgado nas redes sociais e que Najila não tem mais em mãos, a modelo sobe em Neymar, deitado na cama, e ouve-se um som de tapa, aparentemente no rosto do jogador.

Ele reage dizendo: “Não, não, não. Aí não me bate não.”

Ela então diz: “Não? Você vai me bater, né. Vai me bater? Não?” Neymar diz que não e aí Najila diz que ela vai bater. Neymar diz: “Dá licença. Dá licença”.

Na sequência, visivelmente transtornada, ela parte para cima do jogador, com tapas, e grita:

“Mas eu vou te bater. Sabe por que eu vou te bater? Saber por quê? Sabe por quê? Porque você me agrediu ontem. Você me deixou aqui sozinha”.

+ Pai de apresentadora global estaria morando na rua e passando fome

Deitado, Neymar tenta contê-la, se defende com as pernas, que atingem o rosto da jovem, e se levanta dizendo “não, não”, vai em direção dela e pede calma. O vídeo para aí, quando os dois saem do quadro da imagem.

Fonte: O foco

Créditos: -