País

Idoso morre atropelado após carro acelerar contra manifestantes do MST

Idoso morre atropelado após carro acelerar contra manifestantes do MST

Um motorista avançou sobre um grupo de manifestantes do MST (Movimento dos Sem Terra) em frente a uma ocupação em Valinhos (SP) e matou um idoso de 73 anos na manhã desta quinta-feira (18). A informação foi confirmada pela Guarda Municipal de Valinhos e também pelo MST.

Um cinegrafista que registrava imagens do protesto também foi atropelado e sofreu ferimentos leves. O suspeito de cometer o crime fugiu, segundo a Guarda Municipal.

O protesto estava sendo realizado em frente ao acampamento “Marielle Vive”, na Estrada dos Jequitibás, que liga Valinhos a Itatiba.

O idoso atropelado, identificado como Luiz Ferreira da Costa, 73, foi levado à UPA de Valinhos ainda com vida, mas não resistiu.

?dc=5550001577;ord=1563471980173 - Idoso morre atropelado após carro acelerar contra manifestantes do MST

Um grupo de cerca de 200 manifestantes fechou a estrada no começo da manhã. Eles entregavam mudas de plantas e folhetos para quem passava pelo local. Segundo o MST, o protesto tinha o objetivo de pressionar a prefeitura por fornecimento de água no assentamento.

Por volta das 8h15, uma caminhonete L200 preta surgiu na contramão, acelerou e atropelou alguns manifestantes, antes de fugir.

De acordo com o MST, o acampamento “Marielle Vive” existe desde abril de 2018, na Fazenda Eldorado Empreendimentos e abriga mil famílias.

Fonte: UOL

Créditos: UOL